Como será o mundo em 2030, de acordo com o governo dos Estados Unidos

Por Redação | 16 de Dezembro de 2012 às 13h52

O Conselho Nacional de Inteligência dos EUA divulgou seu 'Relatório de Tendências Globais' que contém previsões a respeito da demografia, globalização e meio ambiente para o ano de 2030. A ideia foi produzir um documento para ajudar os formuladores de políticas em seu planejamento a longo prazo sobre as principais questões de importância mundial.

O Conselho diz que não pretende prever o futuro, mas sim fornecer uma estrutura para que as pessoas pensem sobre um possível futuro e suas implicações. A ideia é estimular o pensamento sobre as mudanças rápidas que caracterizam o mundo de hoje e as possíveis trajetórias globais ao longo dos próximos anos.

Segundo o relatório, em 2030 o mundo viverá um cenário econômico diferente do que vemos hoje, com a Ásia assumindo a frente no que diz respeito ao Produto Interno Bruto (PIB), deixando para trás países da Europa e da América do Norte. O número de habitantes, gastos militares e investimentos em tecnologia também vão aumentar do outro lado do mundo, passando o poder para a mão dos asiáticos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Outra megatendência, segundo o relatório, é o aumento da demanda por comida (35%), água (40%) e energia (50%) causado pelo crescimento da população mundial e pelo aumento do consumo padrão. O relatório completo está disponível para download em diversos formatos (e em inglês).

A tradição de divulgar tais previsões começou em 1997, e desde então um novo Relatório de Tendências Globais é publicado a cada quatro anos, logo após as eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.