Trabalho híbrido ou escritório, qual paga mais?

Trabalho híbrido ou escritório, qual paga mais?

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 24 de Junho de 2022 às 15h20
Pixabay/Andrea

A pandemia de covid levou muita gente ao modelo de trabalho remoto ou híbrido (remoto + presencial no escritório), mas esses modelos alteraram o salário? Segundo uma pesquisa da empresa de mídia dos EUA O'Reilly, quem trabalha no híbrido tem uma pequena vantagem financeira.

A pesquisa, realizada com 778 trabalhadores do setor de nuvem, constatou que esses profissionais tiveram aumento salarial médio de 4,3% nos últimos 12 meses, com o pagamento anual chegando a US$ 182 mil (R$ 950 mil).

As pessoas que trabalham remotamente de um a quatro dias por semana ganham, segundo o levantamento, US$ 188 mil por ano (R$ 981 mil). É apenas um pouco menos (US$ 184 mil, ou R$ 960 mil) para quem trabalha remotamente o tempo todo. Já os que nunca trabalham remotamente ganham menos: uma média anual de US$ 131 mil (R$ 683 mil).

Pessoas que trabalham remotamente de um a quatro dias por semana ganham, segundo estudo, US$ 188 mil por ano (Imagem: Mstandret/Envato Elements)

Apenas 6% dos entrevistados responderam não à pergunta "Você trabalha remotamente?" Mais da metade (63%) disse que trabalha fora do escritório o tempo todo, e o restante (31%) trabalha de forma remota de um a quatro dias por semana.

A O'Reilly diz ainda que 20% dos funcionários de tecnologia já mudaram de empresa no último ano, e 25% têm planos para procurar emprego com melhor remuneração. "Neste momento, candidatos qualificados têm o poder no mercado de trabalho, embora com a correção do mercado de ações que começou em março de 2022 e demissões significativas de algumas grandes empresas do setor de tecnologia, isso pode estar mudando", diz a empresa.

É importante destacar que o recorte do levantamento pode ser bem diferente da realidade brasileira. A pesquisa foi realizada de 4 de abril a 15 de abril de 2022, e foi divulgada por e-mail para destinatários da newsletter de infraestrutura da O'Reilley, que a empresa identificou como residentes nos Estados Unidos ou com localização desconhecida.

Fonte: ZDNet, O'Reilly

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.