Programadores ganham até R$ 8.900 por mês no Brasil; veja linguagens em alta

Programadores ganham até R$ 8.900 por mês no Brasil; veja linguagens em alta

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 27 de Maio de 2022 às 14h20
Markus Spiske/Unsplash

A startup de recrutamento Revelo fez um levantamento sobre as linguagens de programação mais requisitadas e os cargos com maiores salários para quem pensa em entrar na área. No recorte, profissionais que atuam com a linguagem Xcode são os mais desejados, recebendo cerca de R$ 8.900, ou R$ 106 mil por ano.

A linguagem de programação foi desenvolvida nos anos 80 e ganhou popularidade com a NeXT para o sistema operacional NeXTSTEP, de onde foram criados o OS X (para Macs) e iOS (para iPhones). Outras duas linguagens bem remuneradas são a Delphi, com média de R$ 8.500 mensais, e a Scala, com R$ 8.300.

Nos últimos três anos, as linguagens mais requisitadas pelas empresas são Javascript, Java e HTML. Entre 2019 e 2021, a busca pela linguagem JavaScript mais que triplicou, se tornando uma das mais promissoras do mercado. O profissional que possui esta experiência pode desenvolver páginas e soluções web e para nuvem.

Xcode foi desenvolvida nos anos 80 e ganhou popularidade com o sistema operacional NeXTSTEP (Imagem: Reprodução/Unsplash/Arif Riyanto)

Já nos currículos cadastrados, entre as linguagens mais comuns dominadas pelos candidatos estão HTML, JavaScript e CSS. O levantamento ainda mostra a variação de remuneração de acordo com as áreas e níveis de senioridade: o profissional que atua no cargo de desenvolvedor recebe cerca de R$ 7.800 por mês, enquanto quem atua com business intelligence recebe em média R$ 7.400.

Já na área de tecnologia de informação a remuneração é de cerca de R$ 7.100. Em relação ao tempo de experiência, profissionais de nível sênior com mais de seis anos recebem mais de R$ 9.600, enquanto o pleno, que atua na área entre três e seis anos, recebe R$ 6.800, e o Júnior R$ 4.700.

A plataforma da Revelo conta com mais de 1.500 empresas ativas e cerca de 570 mil candidatos. O levantamento se baseou nos dados informados por esses profissionais e companhias nos seus recrutamentos de funcionários.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.