Aplicativo reúne vagas de emprego anunciadas nas redes sociais

Aplicativo reúne vagas de emprego anunciadas nas redes sociais

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 01 de Junho de 2022 às 16h20
Reprodução/Ben White/Unsplash

O app Trampolim funciona como um centro de anúncios de emprego postados em redes sociais. Hoje ele conta com mais de 1,4 mil vagas ativas e 20 mil contas. A ideia é que qualquer pessoa, seja contratante ou quem achou uma vaga em grupos online, possa repetir a oferta no aplicativo para que ela alcance mais pessoas.

O desemprego vem atingindo níveis críticos a cada ano no Brasil. Atualmente são 12 milhões de pessoas sem ocupação, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o Facebook, no Brasil mais de 120 milhões de pessoas participam de grupos de oferta de emprego.

“Muitas empresas não possuem um processo estruturado de recrutamento e seleção. É comum que um gerente seja o responsável por contratar. A maioria dos sites tradicionais acabam sendo inacessíveis e muitas plataformas são pagas, por isso uma alternativa é anunciar em grupos do Facebook, Instagram ou WhatsApp”, observa Bruno Rizzato, diretor de produtos do Trampolim.

App Trampolim centraliza anúncios de emprego postados em redes sociais (Imagem: Reprodução/Avel Chuklanov/Unsplash)

O problema das vagas em redes sociais e mensageiros é que ficam restritas aos membros dos grupos. É algo que o Trampolim tenta solucionar. “Nós conseguimos parametrizar essas oportunidades e fazer com que as pessoas encontrem por cargo, forma de candidatura, localização etc. Isso ajuda a aumentar o alcance e a efetividade das vagas”, explica Rizzato.

No momento, as áreas com mais oportunidades no app são: vendas e atendimento (30,7%), serviços gerais (24,1%), indústria (11,4%), administrativo (10,9%), alimentação (7,9%) e marketing e comunicação (3,7%). Para interessados em acessar ou divulgar vagas, basta fazer o download do aplicativo, que por enquanto só está disponível para o sistema Android.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.