Agência de espionagem da Dinamarca está contratando hackers para trabalhar

Por Redação | 11.04.2016 às 10:45

A agência de espionagem da Dinamarca está criando uma academia de treinamento para hackers, e para isso busca hackers capazes de quebrar sistemas de segurança complexos. Tudo isso porque o país tem passado por uma onda de ataques que já chegou até mesmo a derrubar o site de seu parlamento. Diante disso, o serviço de inteligência fez anúncios para a contratação de talentos para aumentar a segurança, evitar os ataques e, eventualmente, invadir os sistemas dos criminosos.

Alguns requisitos básicos devem ser cumpridos, como conhecimentos em programação, raciocínio lógico e matemático e, obviamente, ficha criminal limpa, já que o trabalho envolverá a manipulação de dados confidenciais. Lars Findsen, chefe do serviço de inteligência, afirmou que está em busca de colaboradores que já tenham habilidades, mas que ao longo do treinamento elas serão melhor desenvolvidas.

Um dos focos do curso é a quebra de comunicações das redes de terroristas que têm a intenção de atuar na Dinamarca, uma precaução do governo nórdico diante dos atentados em Paris e em Bruxelas. Prezando a segurança do país e de seus cidadãos, os dinamarqueses têm visto os hackers como uma nova arma para lidar com as ameaças.

Mas por que os hackers se interessariam em trabalhar para o governo? Segundo Findsen, esses talentos serão motivados pela chance de utilizar métodos que seriam ilegais se não fossem custeados pelo governo, o que ele considera uma oportunidade especial de aprendizado e de exploração/prática de novos conhecimentos.

O treinamento será feito ao longo de quatro meses e meio e começará em agosto deste ano. Aqueles que se saírem bem, poderão ser contratados em definitivo pela agência governamental. E aí, vai se candidatar?

Via: Quartz