Como os intraempreendedores podem impactar a inovação corporativa

Por Thiago Cid | 13 de Janeiro de 2021 às 10h30
Unsplash

Começando com a clássica frase de Thomas Edison:

Eu não falhei. Eu apenas encontrei 10 mil soluções que não deram certo.

Durante o Fórum Econômico Mundial de 2014 em Davos, Eric Schmidt explicou que a solução para o mercado de trabalho em rápida evolução é "aprimorar as habilidades empreendedoras da força de trabalho para que possam sobreviver à nova era do trabalho".

As empresas estão cada vez mais buscando colaboradores empreendedores. Isso se dá principalmente pela complexidade do momento que vivemos enquanto sociedade, não só por conta da pandemia, mas também pelo empoderamento dos consumidores e o questionamento do status quo sobre diversos temas.

O futuro do trabalho exigirá que as organizações desenvolvam equipes independentes que possam ter ideias criativas e espírito empreendedor. Os intraempreendedores podem ter um impacto decisivo no DNA de uma empresa, fortalecendo a inovação e adotando uma abordagem mais proativa para a tomada de decisão interna.

Aumentar a qualificação de sua força de trabalho para combinar habilidades empreendedoras com conhecimento técnico abrirá portas para um universo de oportunidades de crescimento exponencial.

Sem mais delongas, vamos dar uma olhada nas quatro dimensões de como os intraempreendedores podem impactar a inovação em uma empresa:

Intraempreendedores ajudam a atingir metas ambiciosas

Os empreendedores internos apresentam a oportunidade de definir suas metas para mudar o jogo. Enquanto as estruturas de gerenciamento tradicionais tendem a se concentrar no cumprimento de metas aqui e agora, os intraempreendedores enfrentam problemas de longo prazo que precisam ser resolvidos por meio de um roteiro de experimentos.

Como funcionários de uma empresa, os intraempreendedores não têm autonomia completa sobre como trabalham ou no que trabalham. Seu objetivo final é atingir marcos e resultados de negócios definidos pela tese de inovação.

A promoção de uma cultura de inovação dá aos funcionários liberdade para trabalhar em prol de metas ambiciosas e assumir a responsabilidade por suas ações enquanto encontram as melhores soluções possíveis. Ao mesmo tempo, permite que os líderes gerenciem riscos e forneçam resultados ao longo da jornada de inovação.

Intraempreendedores alavancam recursos internos

Os intraempreendedores são capacitados por funcionários qualificados, parceiros, recursos técnicos, percepções do cliente e suporte financeiro de sua organização.

As empresas fornecem mais cobertura regulatória, mais dados e rotas potencialmente mais fáceis para o mercado, o que coloca novos empreendimentos em uma grande vantagem, em comparação com startups semelhantes que não têm o apoio de uma empresa maior.

Utilizar esses recursos muitas vezes inexplorados da maneira certa pode dar aos intraempreendedores o impulso de que precisam para ganhar tração muito mais rápido, muitas vezes formando start-ups internos.

Redes de apoio interno em grandes organizações podem ajudar intraempreendedores a ter sucesso, criando espaços seguros para experimentação. Crucialmente, a experimentação fornece evidências sustentadas por dados vitais para provar o valor das ideias de inovação e justificar mais investimentos.

A amplitude de recursos disponíveis em grandes corporações fornece aos intraempreendedores uma caixa de ferramentas completa para ajudá-los a construir projetos de inovação de sucesso.

Intraempreendedores transformam o fracasso em aprendizado

Enquanto uma única falha pode gerar um impacto maior para empreendedores independentes, os intraempreendedores podem aproveitas a rede de segurança de sua organização para absorver o impacto financeiro de experimentos de inovação que não funcionam.

Os intraempreendedores podem usar esses insights para melhorar os próximos experimentos e compartilhar com outros departamentos de sua organização. Por exemplo, os dados coletados de um experimento de inovação podem ser úteis para seu departamento de marketing ao criar novas campanhas.

Reenquadrando o fracasso, os intraempreendedores promovem ideias experimentais. As empresas podem aprender com os experimentos fracassados para entender o que seus clientes realmente querem e ampliar os limites do que é possível.

Intraempreendedores aumentam a responsabilidade

Em vez de limitar os funcionários por meio de estruturas de gerenciamento engessadas que lutam para lidar com a incerteza e contextos de rápida evolução, os intraempreendedores abrem a porta para uma abordagem em que a responsabilidade individual é a chave para impulsionar a empresa.

Os intraempreendedores prosperam ao assumirem a responsabilidade pelo cumprimento de uma tese de inovação específica. Uma vez que as metas são definidas e as responsabilidades são definidas, os intraempreendedores podem ajudar a levar a responsabilidade para o próximo nível, assumindo a propriedade de suas ações dentro de limites predefinidos. Quando os funcionários são diretamente responsáveis e recompensados pelo sucesso de um projeto, eles são incentivados a entregar o seu melhor.

Por fim, as empresas precisam criar sistemas para potencializar seus intraempreendedores. Não basta querer colaboradores com "espírito de dono", o ecossistema das corporações precisa ser menos burocrático e menos político para que o modelo de empreendedorismo corporativo seja efetivo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.