Siga o @canaltech no instagram

Leia a carta de Bill Gates em comemoração aos 40 anos da Microsoft

Por Redação | 06 de Abril de 2015 às 10h00
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

No último sábado (4), uma das empresas mais conhecidas no mercado de tecnologia completou 40 anos de vida. Trata-se da Microsoft, fundada em 4 de abril de 1975 por Paul Allen e Bill Gates. Embora esteja afastado do cargo de CEO a mais de 15 anos, Gates, que hoje atua como conselheiro tecnológico da companhia, aproveitou a data para enviar uma carta aos funcionários e falar sobre as últimas décadas e suas expectativas para os próximos anos.

No documento, divulgado inicialmente no Twitter, o homem mais rico do mundo diz que a Microsoft foi fundamental para a computação, mas que atualmente prefere pensar sobre qual o futuro da empresa nesse setor. "Vivemos em um mundo multi-plataforma e a computação se tornará ainda mais difusa", comenta.

O executivo também elogia o trabalho do atual CEO, Satya Nadella, que assumiu o cargo no ano passado e desde então tem recebido conselhos técnicos de Gates. "Fiquei impressionado com a visão e talento dele [Nadella]. O resultado de seu trabalho fica evidente em trabalhos como Cortana, Skype Translator e HoloLens - e essas são apenas algumas das muitas inovações que estão por vir", diz o cofundador da companhia norte-americana.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Microsoft foi uma das pioneiras quando o assunto é computação pessoal. Apesar de ter sido fundada na década de 1970, foi só em 1981 que a empresa deu seus primeiros passos para uma revolução liderada pelos sistemas operacionais - neste caso, o Microsoft Windows. A primeira versão comercial da plataforma, conhecida como Windows 1.0, chegou ao mercado em 1985 e levou aos usuários domésticos novidades como tela colorida, mouse, função multitarefa, aplicativos, entre outras funções.

Desde então, a entidade lançou diversos produtos de grande sucesso, como os programas do pacote Office (Word, Excel e PowerPoint) e as versões XP e 7 do Windows. Também se aventurou no mercado de smartphones com o Windows Phone e agora se prepara para um novo capítulo em sua história com a chegada do Windows 10, considerado um dos sistemas mais democráticos da companhia por abranger vários aparelhos, desde PCs e outros desktops até tablets e celulares inteligentes.

Leia abaixo, na íntegra, a carta de Bill Gates enviada aos funcionários da Microsoft em comemoração aos 40 anos da empresa:

"Amanhã é um dia especial: o aniversário de 40 anos da Microsoft.

Logo no início, Paul Allen e eu definimos a meta de um computador em cada mesa e em cada casa. Foi uma ideia ousada e um monte de gente achou que estávamos loucos em pensar que isso era possível. É incrível pensar sobre o quão longe a computação chegou desde então e todos nós podemos nos orgulhar do papel desempenhado pela Microsoft nessa revolução.

Hoje, porém, estou pensando muito mais sobre o futuro da Microsoft do que seu passado. Acredito que a computação evoluirá mais rapidamente nos próximos 10 anos do que evoluiu até hoje. Nós já vivemos em um mundo multi-plataforma e a computação se tornará ainda mais penetrante. Estamos nos aproximando do ponto em que computadores e robôs serão capazes de ver, movimentar-se e interagir naturalmente, desbloqueando muitas novas aplicações e dando ainda mais poder às pessoas.

Sob a liderança de Satya, a Microsoft está mais bem posicionada do que nunca para liderar esses avanços. Nós temos os recursos para conduzir e resolver problemas difíceis. Estamos envolvidos em todas as facetas da computação moderna e temos o mais profundo compromisso de pesquisa na indústria. Em meu papel como assessor técnico de Satya, eu avalio produtos e estou impressionado com a visão e talento que vejo. O resultado é evidente em produtos como Cortana, Skype Translator e HoloLens - e essas são apenas algumas das muitas inovações que estão a caminho.

Nos próximos anos, a Microsoft tem a oportunidade de alcançar ainda mais pessoas e organizações em todo o mundo. A tecnologia ainda está fora do alcance de muitas pessoas, porque é complexo ou caro, ou eles simplesmente não têm acesso. Então eu espero que você pense sobre o que pode fazer para tornar o poder da tecnologia acessível a todos, para conectar as pessoas entre elas e tornar a computação pessoal disponíveis em todos os lugares, mesmo quando a própria noção do que um PC pode proporcionar se encaminha a todos os dispositivos.

Nós realizamos muitas coisas juntos durante os nossos primeiros 40 anos e capacitamos inúmeras empresas e pessoas a realizar seu pleno potencial. Mas o que mais importa agora é o que fazer a seguir. Obrigado por ajudar a tornar a Microsoft uma fantástica empresa agora e para as próximas décadas."

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.