Larry Page, CEO do Google, fala da Apple, dos recursos do Android e da Motorola

Por Redação | 11 de Dezembro de 2012 às 13h22

Larry Page não é um homem que aparece todos os dias exibindo suas opiniões na mídia. Porém, em um bate-papo recente com Miguel Helft, da revista Fortune, ele abordou uma variedade de tópicos, incluindo os recentes acordos de sua empresa com a Apple. Segundo ele, a Maçã tem uma abordagem digna de causar vergonha nos usuários.

"O que eu estava tentando dizer é que eu achava que seria legal se todo mundo pudesse se dar bem e os usuários não sofressem com os resultados de atividades de outras pessoas. Eu tento modelar isso. Nós tentamos, de um modo bem difícil, tornar nossos produtos disponíveis da forma mais ampla possível. Essa é nossa filosofia. Eu acho que, às vezes, somos permitidos a fazer isso. E às vezes, não".

Segundo o CEO, disponibilidade e compartilhamento são a chave para o sucesso do Android e também do Google Plus. "Tivemos 18 maneiras diferentes de compartilhar conteúdo antes de criarmos o Plus. Agora, temos apenas um modo que funciona bem, e estamos melhorando".

Quando o assunto foi geração de lucros para o Android, Page disse que ainda acredita que está vivendo com a plataforma seus estágios iniciais de monetização. E diz que o fato de um smartphone contar com serviços de localização acaba auxiliando essa monetização.

Quando foi questionado a respeito do Nexus, que ainda não foi lançado pelo Google para a Motorola, o CEO simplesmente disse que a Motorola ainda não pertence ao Google por tempo suficiente. E revela que o Google continua desenvolvendo dispositivos inovadores e incríveis com várias empresas parceiras. Page finaliza dizendo que fará de tudo para manter seus parceiros, tanto antigos quanto novos, felizes.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.