Fundação de Bill Gates financia pesquisas brasileiras

Por Redação | 29 de Outubro de 2013 às 07h05

Três brasileiros receberão da Fundação Bill e Melinda Gates um aporte de U$ 100 mil. O dinheiro será investido em um projeto que estuda a aceleração do diagnóstico de parasitoses por meio de exames microscópicos e outros dois que visam facilitar plantações com técnicas de baixo custo.

Caso as ideias sejam bem-sucedidas, os investimentos nas pesquisas podem chegar a até um milhão de dólares. Além desses aportes, a Fundação Bill e Melinda Gates também firmou uma parceira com o governo brasileiro, que será oficializada pelo Ministro da Saúde Alexandre Padilha. A parceria está focada na realização de um acordo com a Fiocruz, visando à produção de uma vacina dupla contra sarampo e rubéola. De acordo com matéria veiculada na Folha de São Paulo, essa vacina também deve ser exportada para países da África.

Projetos contemplados

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

O primeiro projeto, desenvolvido pelo farmacêutico Floriano Paes Silva Júnior, busca a criação de um software capaz de interpretar imagens de parasitas realizadas a partir de um microscópio e, então, após esse primeiro passo, melhorar tanto o diagnóstico do que está acontecendo quanto qual medicamento deve ser receitado. Essa é uma ideia interessante, já que, atualmente, esse tipo de processo é realizado de forma manual, o que não garante resultados tão precisos.

Já o engenheiro agrônomo Mateus Marrafon trabalha no desenvolvimento de uma fita biodegradável que envolve as sementes, na plantação, garantindo espaçamento ideal para seu crescimento. Ideia simples e barata para a melhoria da tecnologia de plantio manual.

Por fim, o projeto do engenheiro mecânico Ricardo Capúcio de Resende é uma ferramenta que também auxilia no plantio. Trata-se de uma máquina, bem parecida com um carrinho de mão com duas rodas, que cava buracos no solo enquanto lança as sementes.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.