Fundação de Bill Gates doará US$ 50 milhões para ajudar no combate ao Ebola

Por Redação | 11 de Setembro de 2014 às 12h35

A Fundação Bill e Melinda Gates revelou nesta quarta-feira (10) que irá doar US$ 50 milhões para auxiliar no combate e luta contra o vírus Ebola que está se espalhando rapidamente pela África Ocidental e que já matou quase 2.300 pessoas. Esse é o pior surto do vírus na história.

A diretora executiva da entidade filantrópica, Sue Desmond-Hellmann, adiantou que há trabalhos sendo realizados com parceiros da fundação para identificar "as formas mais efetivas de salvar vidas e interromper a transmissão desta doença mortal".

Com sede nos Estados Unidos, a fundação afirmou que irá liberar os recursos de imediato para agências da ONU e organizações internacionais a fim de ajudá-las a adquirir suprimentos e desenvolver vacinas, tratamentos e melhores ferramentas de diagnóstico, além de ampliar a resposta de emergência nos países afetados.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

As informações mais recentes da OMS (Organização Mundial da Saúde) revelam que o maior surto de Ebola da história, que teve início em março, infectou quase 4.300 pessoas, matando mais da metade delas. A doença, que causa febre hemorrágica, é caracterizada por fraqueza, dor muscular, dores de cabeça e outros sintomas.

A infecção viral está ocorrendo em Guiné, Libéria e Serra Leoa, mas também se espalhou para a Nigéria e Senegal.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.