Bill Gates lidera doação de US$ 35 milhões a rede social para cientistas

Por Redação | 06 de Junho de 2013 às 09h00

Bill Gates, junto a um grupo de investidores, doou US$ 35 milhões (R$ 74,8 milhões) a uma rede social voltada para cientistas, que tem como principal objetivo promover novas pesquisas e estudos que possam salvar muitas vidas. O grupo Founders Fund e a Benchmark também participaram da rodada de investimentos no site ResearchGate, fundado em 2008.

O ResearchGate, criado por três amigos na Alemanha, surgiu com a ideia de intensificar a comunicação e troca de ideias entre cientistas, além de melhorar o compartilhamento de informações científicas. "Nosso objetivo é liberar o conhecimento de sua torre de marfim, digitalizando-o e tornando-o acessível para todo mundo, com a finalidade de acelerar o progresso científico", explicou Ijad Madisch, cofundador e presidente do ResearchGate.

Para participar da rede social, os interessados deverão ter um endereço de e-mail cadastrado dentro do sistema de alguma instituição de pesquisa ou científica. Atualmente, a página conta com 2,9 milhões de membros cadastrados, originários de mais de 193 países diferentes, incluindo Índia, Alemanha, Estados Unidos e Inglaterra.

O interesse de Bill Gates pela erradicação de uma série de doenças e pela ciência em si, bem como seu conhecimento e interesse no mundo da tecnologia, são fatores ideais para que o projeto do ResearchGate consiga expandir, como defende Madisch. Entre as principais descobertas do site está o compartilhamento da causa da morte de uma menina africana, que quando foi relacionada com a descoberta de um pesquisador italiano, proporcionou alguns avanços para a medicina.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.