Arquivos do Megaupload são deletados de uma vez por todas e Dotcom fica furioso

Por Redação | 19.06.2013 às 21:55

Se mesmo após o fatídico mês de janeiro de 2012, quando o Megaupload foi retirado do ar, você ainda tinha esperanças de recuperar os seus arquivos, pode ser hora de se conformar com a perda. De acordo com Kim Dotcom, dados de usuários do Megaupload que estavam em 690 servidores da empresa holandesa Leaseweb foram simplesmente apagados, sem chances de serem recuperados, esta semana.

“Eu estou furioso com essa traição e extremamente chateado”, disse Dotcom ao TorrentFreak. O magnata dos downloads, que não teria sido avisado sobre a remoção, estava na justiça lutando pelo direito dos usuários a terem acesso aos arquivos, que antes estavam hospedados dentro do serviço Megaupload. Segundo ele, a limpa nos arquivos foi feita sem aviso prévio, contrariando um suposto acordo feito entre a empresa e os advogados de Dotcom, que estabelecia a manutenção dos arquivos até que o processo na justiça fosse resolvido.

“Eles deletaram petabytes de arquivos e não deram nem um aviso. A nossa equipe de advogados pediu várias vezes para que eles não removessem os arquivos enquanto a corte norte-americana decidia sobre os direitos legais dos nossos usuários”, afirmou o empresário.

Arquivos do Megaupload são apagados

Segundo a Leaseweb, a empresa tentou contato com Dotcom, porém, não obteve sucesso. A limpeza dos servidores foi feita para que as máquinas pudessem servir a novos clientes.

Ainda há esperança?

Nos servidores da Leaseweb estavam principalmente os arquivos de usuários europeus. O restante dos dados estaria, de acordo com Dotcom, armazenado nas empresas Cogent e Carpathia, que hoje gastam do próprio bolso US$ 9 mil diários para a manutenção dos servidores. A questão judicial sobre o acesso dos usuários aos arquivos ainda está pendente.