14 fatos não tão conhecidos sobre Bill Gates

Por Redação | 06 de Agosto de 2015 às 10h47

Que Bill Gates, o bilionário fundador da Microsoft, é um dos homens mais ricos do mundo, isso você certamente já sabia. Também é muito provável que você saiba que ele é um notório filantropo, realizando doações gigantescas para diversas organizações e causas sociais. Mas você sabia que ele abandonou a faculdade?

OK, esse fato não é tão desconhecido assim, bem como ele ter enriquecido aos 20 anos de idade, ou já ter doado US$ 30 bilhões de toda a sua riqueza até agora.

Para saber um pouco mais da vida e personalidade de um dos empresários mais bem-sucedidos de todo o mundo, nós preparamos uma listagem com 15 curiosidades sobre Bill Gates. Confira.

1. Bem-nascido

Ao contrário do que muitos pensam, Bill não é um caso daqueles que foram "do lixo ao luxo". Seu pai foi um proeminente advogado e seu bisavô fundou um banco, herdado por seu avô, que deixou muito dinheiro para Gates quando criança.

Bill Gates jovem

Reprodução: ScrapeTV

2. Deu fome

Na universidade, solucionou um complexo problema matemático sobre panquecas que foi publicado em um jornal acadêmico, e seu método permaneceu como o melhor jeito de solucionar o tal problema por cerca de 30 anos.

panquecas

3. Prendado e perfeccionista

Gates curte lavar louça e o faz quase todas as noites. "As pessoas se oferecem, mas eu prefiro do meu jeito", explica.

Louças

4. Nas alturas

O empresário chama seu avião particular de seu "guilty pleasure" ("prazer culposo", em tradução literal) e sua "ostentação". Seu jatinho é enorme e super caro de manter.

Avião de Bill Gates

Reprodução: YouTube/GMA News

5. Boca suja

Quando ainda estava na Microsoft, Gates era conhecido por seus sermões cheios de "f***-se" em reuniões e e-mails, mas não direcionados a pessoas. Um antigo colega de trabalho lembra que "Bill podia ser cruel, mas eu pessoalmente nunca o vi atacar pessoas, somente ideias".

Bill Gates

Reprodução: AP

6. Veloz e furioso

Colecionar Porsches e dirigi-los como um louco era hábito de Gates, que levou tantas multas de trânsito a ponto da Microsoft precisar contratar um advogado especializado. Certa vez, ele bateu em um carro no estacionamento dos funcionários da empresa e deixou seu cartão de visitas pedindo para que o dono do veículo entrasse em contato para consertar o estrago. Na época, até rolou um meme em Seattle: "send the bill to Bill" (traduzindo ao pé da letra, "mande a conta para Bill", mas em português o trocadilho se perde).

Porshe de Bill Gates

7. F*** the police

Bill Gates era um jovem destemido. Nos anos 80, ao chegar atrasado para um voo junto de Paul Allen (colega cofundador da Microsoft), Gates começou a apertar botões aleatoriamente no centro de controle e, em vez da companhia aérea chamar a polícia para prender os "vândalos", chamaram o avião de volta para buscá-los.

Paul Allen e Bill Gates

Imagem: Reprodução

8. Comédia

Bill tem um incrível senso de humor, mesmo que seja um tipo "nerd" de humor. Por exemplo, certa vez ele publicou um vídeo no Youtube sobre o Reddit, cheio de piadas fazendo trocadilhos com o nome do serviço e a cor vermelha (red, em inglês).

Bill Gates piadista

Reprodução: Bill Gates/YouTube

Gates também viralizou um vídeo, apresentado no programa de Jimmy Fallon, para divulgar sua carta anual de 2014 na qual o filantropo listou 3 mitos que bloqueiam o progresso dos pobres.

9. Quem quer dinheiro?

Gates espera doar mais de U$ 100 bilhões em toda sua vida.

Bill Gates Dólar

10. Energia de sobra

Mas nem todos seus trabalhos de caridade são feitos pela Bill & Melinda Gates Foundation, a maior fundação de caridade do mundo, que ele mantém com sua esposa. O bilionário também se envolve em projetos de interesse pessoal, como investir na descoberta de fontes limpas de energia para comunidades menos favorecidas, por exemplo.

Bill Gates

11. Dinheiro que não acaba

Apesar de Bill doar bilhões de dólares por ano, ele ainda tem muitos empreendimentos e está ficando rico a uma velocidade maior de sua capacidade de distribuir dinheiro por aí.

Bill Gates

12. Sem falsa modéstia

Mesmo com tanto dinheiro investido em ações caridosas mundo afora, Bill Gates não se considera um grande filantropo, pois tantas doações não impactam em seu estilo de vida. Ele admira mesmo as pessoas que, literalmente, se doam para a caridade.

Bill Gates

13. Carta na manga

A Microsoft não é mais sua principal fonte de riqueza. O ricaço vendeu ações da gigante por vários anos, investiu em outros negócios e está usando seus recursos para financiar seus trabalhos de caridade. Sua arma secreta nos investimentos, agora, é Michael Larson, seu empresário.

Michael Larson

14. Segundo lugar

Com isso, Bill Gates não é mais o maior acionista da Microsoft, cedendo a posição para o empresário Steve Ballmer, que foi CEO da multinacional de 1998 a 2004.

Steve Ballmer
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.