E3 2015: Microsoft impressiona com demonstração dos óculos HoloLens

Por Caio Carvalho | 15.06.2015 às 16:09 - atualizado em 04.08.2015 às 18:42
photo_camera Divulgação

Os controles de movimento parecem ter ficado no passado, já que a bola da vez são os gadgets de realidade aumentada e virtual. Comprometida com a tecnologia, a Microsoft aproveitou sua conferência na E3 2015 para fazer uma demonstração ao vivo do HoloLens, sua aposta nesse novo mercado. E, sem dúvida, este foi o ponto alto da apresentação da empresa no evento em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Para mostrar todo o potencial do dispositivo, a companhia anunciou que Minecraft, game adquirido pela gigante de Redmond no ano passado por US$ 2,5 bilhões, ganhará uma versão feita especificamente para os óculos de realidade aumentada. O objetivo é simples: transformar qualquer superfície da sua sala de estar em um ambiente virtual no qual você pode fazer exatamente tudo aquilo que você geralmente faz no jogo tradicional, só que sem o joystick do console.

Na demo no palco da E3, Saxs Persson, da equipe Mojang, transportou o Minecraft da tela da TV para uma mesa com um simples comando de voz. A partir daí, o usuário equipado com o acessório pode visualizar suas criações em diferentes ângulos, dar zoom ou diminuir a perspectiva, incluiv dentro das construções. É também via comandos de voz que será possível fazer edições nos seus trabalhos, mas parece ser mais divertido usar as mãos para concluir as tarefas.

Com o HoloLens em Minecraft, você também poderá visitar o mundo de outros jogadores ou convidá-los para o seu universo. Pela demonstração, será muito fácil se mover entre esses mundos, ampliando ou diminuindo o campo de visualização da câmera para saber exatamente para onde ir e o que você quiser mudar de lugar. Além disso, a versão de Minecraft dedicada aos óculos contará com suporte ao multiplayer, na qual você poderá ver seus amigos online.

De acordo com a Microsoft, novas informações sobre o projeto serão reveladas na Minecon 2015, que acontece etre os dias 4 e 5 de julho em Londres, no Reino Unido.

Anunciados em janeiro durante uma conferência do Windows 10, os HoloLens são óculos holográficos que lembram dispositivos como Google Glass e Oculus Rift. Eles vêm equipados com processador, chip gráfico e um componente descrito pela Microsoft como "processador holográfico". O acessório não precisa de fios, nem de um smartphone para funcionar, e possui uma interface própria chamada HoloStudio, que pode ser controlada usando as mãos em conjunto com o HoloLens.

O HoloLens faz parte do Windows Holographic, uma iniciativa que visa espalhar hologramas por todos os cantos. Basicamente, a empresa quer eliminar o uso de telas, vidros e outras superfícies presentes no nosso dia a dia e que são necessárias para realizar as tarefas que efetuamos nesses dispositivos. A base do Windows Holographic vem dos Apps Universais, e foi criada do zero para dar suporte aos desenvolvedores.

Por enquanto, não se sabe quando o HoloLens chegará ao mercado.