E3 2015: Fallout 4 será lançado em novembro para PC, PS4 e Xbox One

Por Caio Carvalho | 15.06.2015 às 01:20
photo_camera Divulgação

Em sua conferência de estreia na E3 2015, a Bethesda revelou os novos Doom e Dishonored, além de um jogo de cartas de The Elder Scrolls. Mas o grande anúncio, sem dúvida, foi Fallout 4, que finalmente teve novas (e agora oficiais) informações divulgadas na noite deste domingo (14).

A primeira coisa que chama atenção é a possibilidade de personalizar seu personagem, que agora poderá ser homem ou mulher. Na tela de inicialização, que é o espelho de um banheiro, você define como será o queixo e nariz do personagem, adiciona barba e bigode, altera o tamanho das sobrancelhas e olhos, escolhe a cor e o estilo do seu cabelo, enfim. É como se você estivesse jogando uma versão em primeira pessoa de The Sims.

Até o filho do casal que apareceu em um berço no trailer será influenciado pelos aspectos físicos do(a) protagonista. Além disso, o sistema de criação é o mesmo usado para gerar os NPCs que estarão no game. Outra boa novidade é esta será a primeira vez que você poderá ouvir a voz do seu personagem - segundo a Bethesda, mais de 1.000 nomes populares estão registrados no jogo.-, e todos os diálogos são dinâmicos. Isso significa que você pode ignorar um bate-papo ou até eliminar o outro personagem durante uma conversa.

A trama será mesmo na cidade de Boston, nos Estados Unidos, e será possível jogar os eventos que antecedem o apocalipse que devastou o planeta - isso se você sobreviver aos acidentes com bombas nucleares. Para tal, um emissário da Vault Tech faz uma visita para tentar vender abrigos de sobrevivência contra essas bombas e é a partir daí que você define mais características para o personagem, como nome, percepção, inteligência, atributos, sorte, entre outras.

Feito isso, não demora muito para que os noticiários na TV alertem os cidadãos das explosões nucleares. É quando o casal corre para o abrigo e seu personagem aparece 200 anos depois como o único sobrevivente daquele desastre. Mas ele não está sozinho: o robô também escapou dos ataques e até faz piadas com a situação: "Você está dois séculos atrasado para o jantar", diz ao protagonista, que não acredita ter se passado tanto tempo.

Fora o robô, outra figura icônica do trailer é o "dog", que promete ser seu grande companheiro no jogo. Assim como o sobrevivente, o cão evolui suas habilidades conforme sobe de nível, mas ainda precisará de sua proteção contra animais modificados pela radiação, como ratos gigantes. Você também pode dar comandos ao cachorro para que ele explore determinados pontos da região.

Para dar conta da evolução do seu personagem, a Bethesda anunciou que Fallout 4 contará com um grande sistema de personalização e montagem de itens. Isso inclui mais de 50 armas e 700 tipos de modificações para armamentos e peças de armadura. Portanto, não é nenhuma surpresa imaginar que certas combinações ficarão bem malucas, como nos jogos da série Dead Rising.

Não são apenas esses objetos que poderão ser personalizados: você também terá a opção de montar um abrigo para acolher outros NPCs e decorá-lo a seu gosto, como se estivesse montando a própria casa (de novo, como em The Sims). As construções variam desde uma cabana até edifícios enormes cheios de luzes. E o legal é que esses prédios contrastam perfeitamente com os cenários de Fallout 4, agora mais coloridos. Os ambientes variam desde o interior de casas abandonadas até locais mais amplos cobertos com o azul o céu.

O dispositivo eletrônico PipBoy também está de volta e com uma novidade: a edição de colecionador do game virá com uma versão em tamanho real e totalmente funcional do acessório, que poderá ser sincronizado com o jogo. Além de efetuar comandos simultaneamente, o gadget permite experimentar algumas funções ali mesmo no seu pulso, como jogos arcade no estilo Donkey Kong clássico. Até seu celular pode ser acoplado no aparelho.

Fallout 4

Por falar em smartphone, o novo Fallout ganhou um app para dispositivos móveis com sistema Android e iOS. E para antecipar a chegada do game para consoles, usuários da App Store podem baixar a partir desta segunda-feira (15) um jogo inédito para smartphones. Trata-se do Fallout Shelter, no qual você cria o próprio abrigo contra bombas e gerencia toda uma comunidade de itens, personagens, roupas, armas e outros objetos a seu favor. O aplicativo é gratuito e funciona sem precisar estar conectado à internet. Por enquanto, o jogo está disponível apenas para iPhone e iPad (clique aqui para baixá-lo), mas uma versão para Android está caminho.

De acordo com a Bethesda, Fallout 4 está em desenvolvimento há pelo menos 10 anos, mas apenas nos últimos quatro anos é que a produtora moveu parte de sua equipe para trabalhar no título, que antes estava ocupada com The Elder Scrolls V: Skyrim. Fallout 4 será lançado em 10 de novembro de 2015 para PC, PlayStation 4 e Xbox One.