Confira os jogos indies que a Microsoft mostrou durante sua apresentação na E3

Por Redação | 11 de Junho de 2017 às 20h58

Enquanto você estava babando com o anúncio do Xbox One X, a Microsoft apresentou uma série de pequenos jogos em sua conferência da E3 2017 na noite deste domingo (11). São jogos menores ou que tiveram pouco tempo de palco, mas que certamente chamam a atenção pelas suas propostas diferenciadas. Longe de serem sucessos de vendas como um

Forza Motorsport 7

ou um

Assassin’s Creed: Origins

, esses jogos acabaram passando despercebidos por muita gente, mas que valem a pena ficar de olho.

Por isso, para ajudá-lo a se antenar em tudo o que rolou na apresentação, listamos alguns dos anúncios e revelações para que você não perca nada da feira. Confira conosco no replay.

Cuphead

Ok, Cuphead está bem longe de ser um anúncio. O game foi apresentado juntamente com o Xbox One original há alguns anos e voltou a aparecer na E3 2017. Desta vez, no entanto, por uma excelente razão: o game que recria o espírito de um desenho animado dos anos 30 finalmente ganhou uma data de lançamento. Depois de anos de espera, o jogo chega ao Xbox One no dia 29 de setembro e já está em pré-venda.

Ashen

Um dos títulos misteriosos apresentados durante a conferência, Ashen traz ambientes sombrios, criaturas bizarras e personagens sem rosto. A estética chama muito a atenção, criando uma ambientação envolvente e intrigante. Segundo a descrição oficial feita pela Microsoft, trata-se de um RPG de ação "sobre vagar em busca de um lugar para chamar de lar". O que realmente chama a atenção é a explicação de que realmente não existe sol neste mundo e a única iluminação vem de erupções que cobrem o mundo de cinzas.

Há quem diga que Ashen bebe muito da fonte de Dark Souls — seja na temática ou mesmo no rápido combate contra chefes que aparece rapidamente no trailer —, mas trata-se de uma proposta curiosa e que pode se destacar quando for lançado. Porém, ele ainda segue sem data.

Super Lucky's Tale

Desenvolvido inicialmente como um jogo para realidade virtual, Super Lucky's Tale é a estreia da simpática raposinha nos consoles — e com exclusividade nos sistemas da Microsoft. A proposta do game é bem simples, sendo um jogo de plataforma para todas as idades. Segundo a Playful, sua desenvolvedora, o protagonista vai seguir em uma jornada para recuperar o Book of Ages, um artefato místico que foi roubado pelo feiticeiro Jynx para recriar o mundo do seu jeito.

É um jogo infantil e muito bonitinho. Chega aos consoles no dia 7 de novembro.

Tacoma

A gente queria ter mais o que falar de Tacoma, o novo título dos criadores de Gone Home, mas a apresentação do game foi tão curta que realmente não há muito o que falar. Segundo a descrição oficial, o foco é a descoberta e exploração ao mesmo tempo que trabalha com a ideia de isolamento no meio do espaço a milhares de quilômetros de distância da Terra.

The Artful Escape

Um dos jogos mais bonitos mostrados durante a conferência da Microsoft, The Artful Escape mistura toda a pega do mundo da música indie com um visual bastante colorido. A ideia é trabalhar em torno de uma aventura de exploração com foco na narrativa e uma pegada que une muito bem a trilha sonora com a estética. Desenvolvido pela recém-criada Beethoven & Dinosaur, o jogo lida com expectativas, cantores famosos, deuses espaciais, alucinógenos, individualidade, reptilianos e imaginação. Promissor.

The Last Night

Outro jogo com um forte apelo estético. Com uma ambientação cyberpunk que lembra muito Blade Runner, trata-se de um mundo aberto em duas dimensões para que os jogadores explorem esse universo tão peculiar. Segundo a Odd Tales Game, os jogadores vão ter de unir ação e infiltração à medida que explorar cada um dos quatro distritos dessa cidade. O objetivo é avançar sem ser detectado, fazendo o máximo para se manter como um cidadão comum.

A promessa da produtora é oferecer uma grande miríade de personagens complexos para que o protagonista interaja, trazendo diversas variações de diálogo, reviravoltas na história e um visual encantador.

The Darwin Project

Pegue Overwatch e misture com elementos de Don't Starve e Jogos Vorazes e você terá o novo The Darwin Project. Pelo que foi mostrado pela Microsoft, o jogo será centrado no combate em arena em que vence quem sobreviver até o final. E, além de se preocupar com seus inimigos, o próprio ambiente hostil é uma ameaça constante. Ao que parece, a Microsoft também quer surfar na onda do eSport. Só resta saber se este novo game vai ser mesmo o caminho para isso.

Deep Rock Galactic

Um grupo de anões high-tech explorando cavernas geradas proceduralmente. Isso é tudo o que sabemos sobre Deep Rock Galactic, que foi apresentado muito brevemente e sem grande destaque. Sabemos que pode ter um cooperativo para até quatro pessoas, o que sempre é divertido, mas ainda falta mostrar mais.

PlayerUnknown's Battlegrounds

Um dos maiores sucessos recentes dos PCs, PlayerUnknown's Battlegrounds vai chegar aos consoles com exclusividade no Xbox One. São partidas de oito contra oito em que quem vence é quem aguenta até o final. Muita explosão e loucura, para a alegria do povo que vive de streaming e gritos.

O resto

Por fim, a Microsoft aplicou a metodologia de sempre para apresentar jogo pequeno: fez uma grande montagem reunindo rápidas cenas desses jogos. Títulos como Raiders of the Broken Planet, Fortnite, Surviving Mars, We Happy Few, Dunk Lords e vários outros tiveram apenas alguns poucos segundos de palco, mas que não foram esquecidos por nós. Não é o suficiente para termos a menor ideia do que a maioria deles é, mas que mostrar como o Xbox One anda de mãos dadas com os produtores independentes.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.