Você sabe o que acontece depois de fazer uma compra em um marketplace?

Você sabe o que acontece depois de fazer uma compra em um marketplace?

Por Fabio Lima | 28 de Setembro de 2021 às 10h00
Freepik

Desde o início da pandemia, as vendas pela da internet dispararam pela necessidade imediata de produtos que se tornaram gêneros de primeira necessidade. Dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e Neotrust indicam um aumento de 68% nas vendas em 2020 em comparação com 2019. No conforto e segurança do seu lar, os consumidores continuaram a consumir e muitos fizeram isso pela primeira vez durante esse período de restrições.

Com mais pessoas conectadas por mais tempo, empresas que não faziam vendas pela internet se viram obrigadas em acelerar a transformação digital e se movimentaram rapidamente, em um instinto de sobrevivência, ao colocar seus produtos na vitrine on-line para serem adquiridos por consumidores ávidos em todo o território nacional.

A maneira mais rápida e bastante eficaz para ir de encontro às necessidades do consumidor é por meio do Marketplace, ofertando seu produto ou serviço disponível dentro dos sites de grandes varejistas. Neste modelo de negócios, uma pessoa física, um pequeno varejista, um distribuidor ou uma indústria colocam seu produto disponível para ser vendido diretamente ao consumidor doméstico.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O marketplace é uma plataforma das mais eficazes para melhorar as vendas online (Imagem: Envato / naulicrea)

As pessoas ou empresas que vendem dentro dos sites são chamadas de sellers, mas quando estamos navegando, nem sempre fica claro se estamos comprando de um varejista ou de um seller. A maneira mais simples para essa identificação é clicar sobre o produto procurado e observar a informação que normalmente vem ao lado da figura “vendido por” e “entregue por”.

O fluxo nesse processo funciona da seguinte forma: 

  1. O seller cadastra o seu produto
  2. O integrador “traduz” a informação de cadastro para dentro do site do varejista
  3. O site do varejista exibe o produto para o consumidor
  4. O consumidor faz o pagamento para o site
  5. Varejo recebe uma comissão pela venda e envia o pedido para o integrador
  6. O integrador “traduz” o pedido para o seller
  7. O seller faz a entrega para o consumidor

Dessa forma, o consumidor se beneficia com uma ampla variedade de produtos disponíveis no site, tornando sua busca mais fácil de ser encontrada, e com uma compra segura, porque quem fica com seu dinheiro é o varejista de confiança. O seller, por sua vez, se preocupa em prestar um serviço de excelência para melhorar sua “nota” no site e, assim, realizar mais vendas. 

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.