Uber Eats dará entrega grátis em pedidos de restaurantes locais

Por Felipe Demartini | 20 de Março de 2020 às 15h40
Reprodução: Uber Eats

A Uber Eats anunciou nesta semana que começará a dar entrega grátis em pedidos feitos por restaurantes locais do Brasil e da América Latina. A medida será aplicada, segundo a empresa, a mais de 30 mil estabelecimentos de pequeno e médio porte, vindo como estratégia para aumentar o fluxo nestes locais, mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, e dar mais visibilidade aos negócios independentes.

Da mesma forma, os restaurantes beneficiados também estarão isentos de taxa de retirada nos pedidos em que o cliente escolhe buscar a comida diretamente no restaurante. Além disso, a Uber Eats também promete intensificar seus esforços de marketing como forma de dar mais atenção aos pequenos e médios negócios.

O benefício fica disponível a todos os clientes por tempo indeterminado e deve durar, pelo menos, ao longo das próximas semanas, período que o Uber Eats chamou de desafiador para os proprietários de pequenas empresas. Na visão do serviço, a ideia também ajuda a manter o estado de isolamento social recomendado por organizações de saúde para conter o avanço da pandemia, enquanto garante a renda dos donos de estabelecimentos e dos entregadores.

No comunicado, a companhia chama a atenção para o regime de home office que vem sendo adotado por muitas empresas diante da pandemia, como forma de reduzir a circulação de pessoas e fazer valer as medidas de isolamento social. “Muitos de nossos consumidores estão trabalhando de casa, por isso, trabalharemos duro para que eles continuem tendo acesso a refeições”, explicou Eduardo Donnelly, diretor-geral regional da Uber Eats para a América Latina.

Segundo ele, descontos também serão oferecidos para os restaurantes que precisem de ajuda para atingir novos usuários e aumentar as vendas neste momento difícil. As medidas voltadas ao usuário também acompanham alterações de políticas direcionadas aos próprios estabelecimentos, como forma de auxiliar na venda de pratos e no processo de delivery.

Outras mudanças no funcionamento dos sistemas da companhia envolvem a possibilidade de pagamentos diários para pequenos negócios, em vez dos tradicionais que acontecem aos finais de semana. De acordo com a empresa, todos os estabelecimentos das cidades em que o serviço funciona podem optar por esse formato de pagamento pelos pedidos.

Ainda no lado dos estabelecimentos, a Uber Eats disse estar simplificando o processo de inscrição na plataforma. Dessa forma, os responsáveis por pequenos negócios que cumpram requisitos obrigatórios de qualidade podem começar a operar por ela de forma rápida e sem a necessidade de um tablet.

De longe

Uber Eats sugere utilização da modalidade de entrega "sem contato" para evitar contaminação entre clientes e entregadores (Imagem: Divulgação/Uber Eats)

No comunicado, a Uber Eats reforçou ainda a presença de uma opção de entrega “sem contato”, voltada justamente para evitar a manipulação e o contágio entre entregadores e usuários. Além disso, orientações estão sendo dadas aos restaurantes quanto ao uso de embalagens invioláveis e higiênicas, de forma a garantir a segurança de todos os envolvidos no processo.

Ainda, a companhia está dando ajudas financeiras para que seus parceiros, sejam eles entregadores de comida ou motoristas, possam adquirir produtos de higiene pessoal como o álcool em gel. A empresa, ainda, está orientando os condutores a evitarem o ar condicionado e dirigirem com os vidros abertos, de forma a ventilar o veículo e reduzir a permanência de patógenos em seu interior.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.