São Paulo possui o maior risco na entrega dos Correios no Brasil

Por Redação | 17 de Março de 2017 às 13h20

Para quem faz compras online, taí uma informação interessante. Uma pesquisa feita junto à Companhia de Correios e Telégrafos no Brasil e divulgada esta semana aponta que São Paulo é o estado que possui a maior incidência de risco na entrega por CEP, com 52%.

O levantamento foi relizado pela Unitfour, empresa especializada em fornecimento de dados. Rio de Janeiro e Minas gerais aparecem logo na sequência, com 23% e 12%, respectivamente.

O risco de CEP não quer dizer, necessariamente, que o produto não será entregue, avalia Rafael Albuquerque, Diretor Comercial da Unitfour. "Mas há sim uma possibilidade de a entrega não acontecer, seja por conta de áreas de difícil acesso, dentre outras razões”, explica.

A pesquisa mostrou ainda que na categoria Sedex, o Estado que apresenta maior incidência é o Paraná, com 40%, seguido por Rio de Janeiro, que registrou 31%. Em São Paulo, essa incidência é de 29% O PAC é outro serviço postal que também possui alto índice de risco nos os Estados – 40% no PR, 30% no RJ e 29%, em SP.

Por outro lado, a Remessa Expressa, Talão ou Cartão, PAC e Sedex em que o pagamento é realizado no momento da entrega, são modalidades com o menor índice de risco, todas com 6%.

“Muitas vezes, os serviços postais têm dificuldades para identificar as reais condições para a entrega dos objetos, e principalmente, mapear as regiões de difícil acesso ou desprovidas de segurança”, conclui Albuquerque.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.