Saiba como vender seus produtos na Americanas Marketplace

Por Guilherme Peixoto Artiles | 14 de Junho de 2021 às 10h00
Divulgação / Hubsales

O comércio virtual ganha adeptos a todo momento e, com isso, essa nova forma de consumo vem crescendo exponencialmente. Porém, começar a vender de forma online pode ser um desafio.

Mas a boa notícia é que você pode contar com uma ótima oportunidade para ingressar nessa categoria de mercado em uma das maiores plataformas de vendas online do Brasil: a Americanas Marketplace.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Só que cabe a pergunta: como eu faço para vender na Americanas.com? Fique tranquilo(a), vamos te explicar exatamente como isso funciona.

Como vender na Americanas Marketplace?

Antes de mais nada, é preciso entender que o que permite que você venda dentro da Americanas é o Marketplace. Trata-se de um espaço que funciona como uma espécie de vitrine para o seu e-commerce - e de outros vendedores.

Sendo assim, para vender na Americanas Marketplace, é necessário preencher alguns requisitos exigidos na B2W Marketplace, empresa que cuida desta modalidade.

Primeiramente, você deve criar o seu cadastro na B2W, fornecendo os dados da sua empresa. E assim, essas informações serão analisadas para entender se está tudo conforme as exigências necessárias.

Para isso, você precisará:

  • Possuir um CNPJ ativo e sem restrições;

  • Ter um certificado digital (e-CNPJ) para conseguir assinar um contrato de forma digital;

  • Possuir uma conta-corrente vinculada a esse CNPJ cadastrado;

  • Possuir um CNAE no setor “Comércio Varejista”;

  • Emitir Nota Fiscal Eletrônica (NFe) via SIntegra ou, em caso de MEI, Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e), no site da Receita Federal;

  • Ter um contrato social, onde consta o capital social da empresa com um montante de no mínimo R$1.000;

  • Emitir um Certificado Negativo de Débitos (CND)
    É válido ressaltar que mesmo sem essa emissão, você consegue realizar o cadastro, mas com uma limitação no faturamento mensal.


Quanto custa vender na Americanas Markeplace?

É importante ressaltar que nenhum tipo de investimento é necessário para iniciar suas vendas no canal. Você será cobrado em cima dos produtos vendidos no site. Logo, você terá de repassar somente um percentual do valor total do produto vendido.

Além disso, é preciso ficar atento quanto ao valor inserido nesses produtos, pois é preciso considerar a comissão que será passada à B2W.

Depois de se cadastrar e obter a autorização para realizar as vendas, você deve integrar a sua loja ao sistema de marketplace da Americanas.com, preencher e configurar sua loja, ajustar valores de frete e cadastrar seus produtos.

Mas não se desespere: é aí que entra a Hubsales, que será a sua grande aliada em todos esses processos.

E como a Hubsales pode te ajudar a vender nesse marketplace?

A Hubsales é uma plataforma que serve como um hub de integração, sendo a responsável por realizar todos os processos necessários para integrar a sua empresa aos marketplaces, como é o caso da Americanas Marketplace.

Além disso, ela oferece suporte no pós-venda, realiza o intermédio dos contratos, cadastra os seus itens, cria e personaliza descrições, gerencia o seu estoque e auxilia na definição do mix de produtos. Ela também orienta quanto à precificação e fotografia, entre muitas outras funções e serviços que facilitam todo o seu processo de vendas.

Assim, a sua empresa concentra-se apenas no mais importante: vender. Dessa forma, tudo fica concentrado em um único lugar e o seu foco passa a ser a estratégia de comercialização de seus produtos ou serviços.

Quer saber como a Hubsales pode facilitar todas as etapas do seu processo de trabalho? Para dar start a essa excelente oportunidade, basta entrar em contato conosco a partir deste link.

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.