Pesquisa revela que 79% dos consumidores online mudam comportamento após fraudes

Por Redação | 24 de Março de 2016 às 12h40

O crescimento das fraudes online no Brasil ameaça frear drasticamente o desenvolvimento do comércio eletrônico, de acordo com uma pesquisa encomendada pela Oberthur Technologies. O estudo mostra que 28% dos consumidores brasileiros afirmam terem sido vítimas de fraudes online ao realizarem compras pela internet. 79% deles passaram a mudar o seu comportamento de consumo virtual devido ao receio de novas fraudes. Uma das mudanças consiste em comprar em número menor ou em menos sites, por exemplo.

Em 2014, o comércio eletrônico no Brasil obteve um faturamento de R$ 35,8 bilhões. No ano seguinte, o setor conseguiu um aumento de 15,3%, com um faturamento de R$ 41,3 bilhões, de acordo com dados da E-bit. No entanto, o estudo da Oberthur Technologies revela que este crescimento pode ser afetado pelo aumento das fraudes online, com criminosos aproveitando-se da consolidação da migração para cartões com chip.

A pesquisa também aponta que 69% dos entrevistados compraram produtos ou serviços online mais de cinco vezes por mês, enquanto que 64% já compraram em sites estrangeiros. Em relação às vítimas, 70% das pessoas que sofreram fraudes online tiveram mais de R$ 150,00 debitados de seus cartões. 34% das vítimas perderam mais de R$ 500,00.

Em vista do aumento dos riscos, a companhia desenvolveu um cartão de crédito que promete reduzir as fraudes online. Nele o código de segurança é substituído por um minivisor digital, que atualiza o código a cada 15, 30 e 60 minutos, exibindo assim uma numeração diferente. De acordo com a Oberthur Technologies, os bancos e emissores do cartão decidirão o tempo de mudança dos códigos no visor.

Como o novo cartão não modifica em nada o sistema de pagamento e transação, ele já está pronto para ser adotado e utilizado pelos consumidores, sem a necessidade de nenhuma alteração de infraestrutura para as companhias de e-commerce. Os consumidores também irão continuar a realizar suas compras online da mesma maneira que atualmente. Outro ponto positivo da inovação é que os consumidores demonstraram aprovação e se sentiram mais seguros ao realizarem compras pela web. 89% dos entrevistados afirmaram que tiveram menos receio de fazer compras online com o uso do cartão.

Via TI Inside

Fonte: http://convergecom.com.br/tiinside/seguranca/mercado-seguranca/21/03/2016/pesquisa-diz-que-quase-um-terco-dos-consumidores-brasileiros-on-line-ja-sofreu-fraudes/

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!