E-commerce é a única forma de vender online?

E-commerce é a única forma de vender online?

Por Guilherme Peixoto Artiles | 12 de Julho de 2021 às 10h00
Imagem de Joseph Mucira por Pixabay

O e-commerce é uma plataforma de vendas que vem ganhando cada vez mais adeptos graças às oportunidades que esse canal pode proporcionar aos vendedores. Mas é interessante saber que existem outras formas de comércio online que também podem ser muito vantajosas.

O ambiente virtual é um excelente meio para quem deseja manter suas vendas e até mesmo expandi-las, pois há uma enorme possibilidade de visibilidade e alcance do público desejado. Pensando nisso, o e-commerce, por exemplo, é uma das formas que mais ganham popularidade nos últimos anos.

Mas, afinal, o que é um e-commerce? Na tradução, significa comércio eletrônico. Essa é uma modalidade em que as empresas vendem através de lojas próprias. Nele, é possível vender coisas de todo tipo, como eletrônicos, vestuário, alimentos, etc. Basta que o estabelecimento tenha uma página na plataforma e, assim, o consumidor pode realizar suas compras de maneira fácil e rápida.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mas apesar das grandes oportunidades que esse canal representa, existem outras formas de vender online que podem ampliar essas possibilidades de maneira muito vantajosa para os comerciantes.

A seguir, vamos explicar um pouco mais sobre isso.

Existem outras formas de vender online além do e-commerce?

Além do e-commerce, há uma outra alternativa de vendas online muito conhecida e com grande relevância: os Marketplaces.

Nesse tipo de canal, lojas virtuais que disponibilizam seu espaço e estrutura para que outros vendedores possam comercializar seus produtos. Hoje, todas as principais redes varejistas do Brasil já oferecem esse formato. Dentro dessa modalidade, a loja cadastrada paga uma comissão sobre essas vendas realizadas no Marketplace.

Nesse tipo de canal, não é necessário investir tanto em publicidade, pois o alcance da plataforma que hospeda os comerciantes gera essa oportunidade de visibilidade. Ou seja, você consegue aproveitar esse espaço e pode conseguir mais facilmente que o cliente que ali transita compre de você.

Nos Marketplaces, o consumidor tem a possibilidade de identificar quais lojas apresentam os melhores preços, avaliações e prazo de pagamento e, assim, escolha o que melhor lhe atender.

Além dessa oportunidade mais abrangente de venda, essa categoria possibilita que o vendedor que não deseja investir na criação de uma loja virtual consiga, ainda assim, ter o seu negócio no meio digital. E no caso de quem já tem um e-commerce, usar essa modalidade permite expandir seu espaço de venda, podendo conquistar ainda mais clientes.

Mas tenha você um e-commerce ou não, você deve estar se perguntando como ingressar ao Marketplace, certo? A seguir, nós mostraremos como isso pode ser muito mais simples do que você imagina.

Conectando sua empresa de forma automatizada aos principais marketplaces do país

Ingressar ao meio digital pode ser um grande desafio para algumas empresas que, muitas vezes, não sabem por onde começar, como realizar uma integração, ou até mesmo criar um cadastro de produto.

Pensando nisso surgiu a Hubsales, um hub que faz integrações com vários marketplaces e um suporte de assessoria a todos esses canais — isso passa pela intermediação do contrato entre sua empresa e as plataformas digitais, definição do mix de produtos, melhoria na descrição e cadastro deles, até o acompanhamento e gerenciamento da performance de vendas.

Caso você esteja iniciando no mundo dos Marketplaces, ou ainda não tem uma presença neles, a Hubsales focará em acelerar as suas vendas e o seu aprendizado. E se você já vende nessa modalidade, a empresa assumirá todo o serviço e o auxiliará a escalar seu negócio e permitir que você foque no que realmente é importante: vender.

Percebeu como ter o seu negócio no mundo virtual pode ser muito mais simples e prático? Sendo assim, você contará com organização de documentação, credenciamento, assessoria, integração, monitoramento, suporte e muito mais.

Não espere mais para deixar o seu negócio muito mais visível e ao alcance do seu público!

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.