E-commerce brasileiro teve sete alterações de preço por minuto no 1º trimestre

Por Redação | 28 de Abril de 2015 às 12h02

As lojas virtuais do Brasil registraram 943.544 mil trocas de preços no primeiro trimestre deste ano. Essa é a conclusão do estudo realizado pela Sieve, empresa focada em inteligência de preços e sortimento para o e-commerce brasileiro. O levantamento foi realizado em parceria com a Keyscores e E-commerce Brasil no período de 1º de janeiro a 31 de março, em 282 sites, analisando ao menos 1,1 milhão de endereços virtuais.

"No início do ano, o varejista precisava reposicionar os valores das ações feitas no final de ano com Black Friday e Natal. Mais pra frente, em março, ocorreu a primeira grande ação do Dia do Consumidor, com a participação de 650 lojas que faturaram em torno de R$ 200 milhões. Mesmo que a campanha oficial tenha acontecido no dia 18, muitas lojas aproveitaram para antecipar ou até mesmo estender a promoção para todo o mês", explica Luis Vabo Jr, CEO da Sieve.

O número representa, em média, sete alterações de valor por minuto. Ainda de acordo com os dados, janeiro foi o mês com o maior número de alta de preços, com 62% de todas as alterações.

Já março foi o único mês com número maior de redução de preços, com 53%, enquanto as altas responderam por 47%. Em fevereiro, 55% dos valores aumentaram e 45% sofreram queda. Comparando as quedas em março com relação às de janeiro, o crescimento foi de 61%. Já nas altas, houve uma queda de 14%.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.