Apple restringe loja online apenas às versões recentes do macOS e Safari

Por Felipe Ribeiro | 17 de Junho de 2019 às 11h43
Apple
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A loja online da Apple agora exige que os usuários de desktops ou notebooks da Maçã tenham em suas máquinas pelo menos o macOS X 10.10.5 Yosemite ou superior e o Safari versão 10.1.2 ou mais recente para acessá-la. A tentativa de visualizar o domínio de compras no apple.com usando uma versão mais antiga do Safari ou macOS resulta em uma mensagem de erro.

O site Mac Otakara fez o teste e se deparou com o aviso na última sexta-feira (14), com a página da loja da Apple exibindo uma mensagem "Versão do navegador sem suporte" ao usar o software Safari e macOS mais antigos.

Curiosamente, um alerta separado sugere que os navegadores da web de terceiros não são completamente suportados ao executar iterações do macOS X 10.10.

Imagem: MacOtakara

A tentativa de acessar a vitrine online a partir de uma versão antiga do Yosemite aciona uma mensagem instruindo os usuários a fazer o download da versão mais recente do Chrome ou do Firefox. As iterações dos dois navegadores compatíveis com o Yosemite já estão desatualizadas, o que significa que os proprietários de Mac devem atualizá-las para uma versão mais recente.

Por que "dificultar"?

Segundo a Apple, a pequena alteração protege ainda mais os clientes contra ameaças online, garantindo que estejam executando o sistema operacional e o software de navegador da Web mais atualizados.

A Apple, que há muito tempo defende a privacidade do consumidor, ampliou os esforços no ano passado para garantir suas ofertas de hardware e software, incluindo serviços online. A empresa apresentará uma nova lista de proteções com o iOS 13, o iPadOS, o macOS Catalina, o watchOS 6 e o ​​tvOS 13, incluindo utilitários baseados na Internet, como o Sign in.

Fonte: Apple Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.