Amazon pretende alugar armazém gigantesco na região de São Paulo - SP

Por Redação | 09 de Fevereiro de 2018 às 17h43
photo_camera Fortune

O Brasil é o maior mercado de varejo da América Latina, e a Amazon está procurando um armazém de 50 mil metros quadrados para alugar na região de São Paulo. Isso mostra que a gigante de Jeff Bezos pode, em breve, iniciar uma distribuição própria de eletrônicos e demais produtos a partir do e-commerce brasileiro.

Com uma central de distribuição brasileira, a Amazon dará o primeiro passo para dominar o varejo virtual na América Latina. Até então, a companhia conta com terceiros para enviar seus produtos para cá. Contudo, a Amazon não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, que foi revelado à agência Reuters por fontes anônimas.

No Brasil, o comércio eletrônico representa cerca de 5% do mercado varejista, e a Amazon já vem expandindo seus negócios por aqui desde o ano passado, quando começou a vender eletrônicos além do Kindle, incluindo o Fire TV Stick.  Mas a ideia é começar a vender também outros eletrônicos de marca própria, o que pode significar a chegada oficial dos speakers inteligentes da linha Echo no território nacional.

Ao comprar um armazém no Brasil, a varejista se prepara para brigar com grandes nomes que dominam o e-commerce por aqui, como o Mercado Livre e o Magazine Luiza, por exemplo. Para Pedro Guasti, CEO da Ebit, "obviamente não se pode subestimar uma empresa como a Amazon", que "tem enorme capacidade de investir".

E, ao que tudo indica, esse armazém estará localizado na cidade de Cajamar, próximo à capital paulista, e o espaço teria sido oferecido pela empresa de logística Prologis Inc. No mesmo local, há centrais da DHL e também da Samsung.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.