Sudeste concentra 70% do faturamento com e-commerce

Por Redação | 04 de Junho de 2014 às 15h07
photo_camera Foto:Tashatuvango/Shutterstock

Foto:Tashatuvango/Shutterstock

Foi divulgada hoje a pesquisa “Mapa do E-commerce no Brasil”, realizada pela Conversion, empresa especializada em Search Engine Optimization (SEO). O levantamento mostrou possíveis resultados para as lojas virtuais do Brasil neste ano, com destaque para o Sudeste, que concentra 70% do faturamento do setor no país.

A pesquisa mostrou que a previsão é de que as lojas virtuais recebam 13 bilhões de visitas de consumidores este ano, com um ticket médio de R$ 292,47 e taxa de conversão de 1,04%. Segundo a Conversion, o e-commerce no Brasil deve atingir um patamar de 130 milhões de pedidos até o final do ano.

Para realizar a pesquisa, a empresa analisou mais de 100 milhões de visitas em lojas virtuais brasileiras. Segundo dados da ABComm, a expectativa para o setor de e-commerce este ano é de faturamento de R$ 39 bilhões.

No levantamento também foi possível identificar o consumo e número de visitas por região. O Sudeste foi onde mais houve visitas nas lojas virtuais (66,6%). Bem abaixo está o Sul (14%), seguido pelo Centro-Oeste (11,1%). As regiões Nordeste e Norte foram as que receberam um menor número de visitas, com 5,9% e 2,2% respectivamente. A duração média da visita por usuário é de 3,3 minutos.

O faturamento acompanha números semelhantes, com o Sudeste liderando com 70% e, bem abaixo, o Sul, com 11%, e Nordeste, com 9%. Neste quesito o Centro-Oeste cai e é responsável por 5% do faturamento, pouco acima no Norte, com 2%.

O estudo também levantou a receita por estados. Neste caso, São Paulo lidera com 49%, Rio de Janeiro segue com 13%, Minas Gerais com 9%, Rio Grande do Sul com 4% e Paraná com 3%, sendo que os 22% restantes estão divididos por todos os outros 21 estados mais o Distrito Federal.

Já a taxa de conversão altera um pouco o cenário: a maior é encontrada no Mato Grosso (1,28%), seguido por São Paulo (1,17%), Rio de Janeiro (1,16%), Acre (1,14%) e Distrito Federal (1,11%).

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.