Problemas de infraestrutura devem prejudicar comércio eletrônico em 2014

Por Redação | 29 de Novembro de 2013 às 12h10

Quem está tentando aproveitar as ofertas da Black Friday, nesta sexta-feira (29), está sofrendo com problemas de indisponibilidade e erros em sites de compra. Essa é apenas a ponta de um iceberg que, somado à falta de infraestrutura, deve prejudicar todo o mercado de e-commerce brasileiro no ano que vem.

A previsão é do diretor-geral do 3º Seminário Nacional de Comércio Eletrônico, Meios de Pagamento e Negócios da Web, Marcelo Castro. Falando durante o evento, ele apontou que os problemas começarão já no primeiro semestre de 2014, com os atrasos na entrega sendo o principal fator.

A expectativa é que o mercado brasileiro de comércio eletrônico acumule R$ 30 bilhões e cresça cerca de 28% a mais neste ano, em relação a 2012. A estrutura envolvida no processo, porém, não acompanha essa subida na demanda e problemas logísticos, como as condições das estradas e a falta de segurança nas remessas, podem causar stress para os consumidores.

Assista Agora: Nunca mais contrate funcionários para sua empresa! Comece o ano em uma realidade completamente diferente!

Castro aponta ainda que a chegada de concorrentes internacionais, ou a compra em sites de fora do país por brasileiros, também deve ser levada em conta. Na visão dele, a crise nos países da Europa e América do Norte tornam o nosso mercado cada vez mais atrativo e é preciso garantir um serviço de qualidade para evitar que os consumidores “fujam” para outros mercados.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.