Infográfico: e-commerce brasileiro deve faturar mais de R$ 40 bilhões em 2015

Por Redação | 05 de Março de 2015 às 16h00
photo_camera Foto:Tashatuvango/Shutterstock

De acordo com o relatório WebShoppers, feito pela E-Bit, o Brasil deve crescer 20% em vendas no comércio eletrônico em 2015 se comparado a 2014. A projeção de vendas online para 2015 no Brasil teve um aumento de quase 20% em relação ao ano passado, totalizando R$ 43 bilhões.

O número de pedidos online também deve aumentar, de 103,4 milhões para 122,9 milhões. Já entre a população, 61,6 milhões de pessoas devem comprar pela web em 2015, contra 51,3 milhões em 2014. Apesar do aumento na movimentação financeira, o ticket médio de compra deve permanecer o mesmo: R$ 347. O estudo ainda mostra que as categorias mais vendidas são "moda e acessórios", "cosméticos e perfumaria", "eletrodomésticos", "telefonia/celular" e "livros e assinaturas de revistas".

Guilherme Bohnen, gerente da unidade de negócios de marketing cloud da empresa Pmweb, acredita que o movimento se deve à crescente cultura dos brasileiros de comprar pela internet. "Compras online estão conquistando cada vez mais adeptos no Brasil. A praticidade, a diversidade, as promoções e o conforto de escolher sem sair de casa ou do escritório são alguns dos atrativos. Mas, com certeza, ainda há muito para ser investido nessa área", diz.

Com o intuito de mostrar o crescimento do comércio eletrônico no País, a Pmweb, que é responsável por impulsionar as vendas online de varejistas como Walmart, Americanas, Submarino, Shoptime, Brastemp, Viajanet, Magazine Luiza e Renner, criou um infográfico com as principais informações do relatório WebShoppers. Confira-o abaixo:

Infográfico Pmweb
Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.