Compare preços e proteja-se contra fraudes durante a Black Friday

Por Giancarlo Silva

Como em todos os anos desde que a prática se consolidou no Brasil, a Black Friday causa uma verdadeira euforia em quem deseja aproveitar bons descontos para adquirir aquele produto dos sonhos. Originária da ação comercial estadunidense que ocorre depois do feriado de Ação de Graças, a data traz muitas ofertas tentadoras, mas também deve ser tratada com bastante cautela.

Isso porque muitas empresas se aproveitam da compulsão dos consumidores para praticar atos ilícitos na tentativa de lucrar cada vez mais, aumentando os preços dos produtos dias antes da ação para depois reduzi-los com descontos falsos. É a famosa política do "tudo pela metade do dobro".

Felizmente, diferente dos anos anteriores, neste ano o consumidor poderá contar com mais recursos para se proteger das práticas fraudulentas de determinados lojistas. Diversos sites de comparação de preços e ferramentas similares oferecem informações precisas para que seja possível procurar apenas as lojas que participam da Black Friday de forma honesta, oferecendo descontos verdadeiros e tratando o consumidor de forma justa.

Black Friday nos EUA

Um destes sites é o Baixou, que é bastante conhecido por oferecer gráficos com o histórico da variação de preços para produtos de mais de 30 lojas diferentes. Além disso, o serviço oferece um software chamado Baixou Agora, que pode ser instalado em computadores com Windows para acompanhar as melhores ofertas da Black Friday de forma segura e precisa.

O JáCotei é outro site que se propõe a oferecer informações precisas sobre preços e descontos durante a Black Friday. Ele está disponibilizando o Tira-Teima Light Friday, uma ferramenta online que permite criar listas de produtos desejados e consultar a variação de seus respectivos preços com a ajuda de gráficos detalhados.

Além destes, o Busca Descontos contará com um recurso interno que analisará a veracidade dos preços oferecidos pelas lojas cadastradas em seu site, buscando exibir cerca de 6 mil ofertas com preços o mais precisos e honestos possíveis. O Busca Descontos também trabalhará em conjunto com o site Reclame Aqui para oferecer um canal de comunicação onde os consumidores poderão denunciar eventuais fraudes cometidas pelos varejistas.

Dicas para efetuar uma compra segura

Black Friday nos EUA

Uma compra segura e bem-sucedida nesta Black Friday não depende apenas de ferramentas como as que listamos acima ou outras que estão disponíveis na internet. O PROCON e a Proteste dão algumas dicas para que os consumidores possam aproveitar a data da melhor forma possível e comprar tranquilos:

  • Como sempre, é normal que sites de lojas online fiquem congestionados e acabem saindo do ar devido ao alto volume de acessos na Black Friday. Por isso, é sempre uma boa ideia fazer o cadastro antecipado nas lojas virtuais onde você planeja fazer compras;
  • Ler a política de privacidade dessas lojas (caso possuam. Caso contrário, passe longe delas!) também é uma ótima forma de saber se elas armazenarão e manipularão seus dados com responsabilidade;
  • No ato da compra, é recomendado salvar capturas de tela e documentos virtuais de todo o processo de compra e a confirmação dela. Exija sempre a nota fiscal (física ou eletrônica) dos seus produtos;
  • Fuja de sites que possuem poucas formas de contato e fuja daquelas oferecem apenas um número de telefone;
  • Jamais use computadores públicos (como os de LAN Houses e cyber cafés) para fazer compras em lojas virtuais, pois as máquinas desses estabelecimentos podem estar contaminadas com software malicioso que pode comprometer a segurança de seus dados. Em seu computador pessoal, mantenha o firewall do sistema operacional ativado e seu software antivírus devidamente atualizado;
  • Confie no boca-a-boca: geralmente lojas bem-sucedidas e honestas contam com um bom número de clientes satisfeitos, que as recomendarão para pessoas próximas. Peça dicas de boas lojas a seus amigos e familiares, mas sem abrir mão de tomar os outros cuidados recomendados acima.
Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!