3 fatores que mudaram a forma como fazemos compras

Por Fernando D´Angelo | 27 de Janeiro de 2016 às 08h08

Em 2015 o acesso à Internet passou a ser prioritariamente por dispositivos móveis. Mais do que simples mudança de plataforma tecnológica, isso significa que estamos passando por uma grande mudança de comportamento do consumidor.

Abaixo cito 3 fatores que embasam essa mudança:

Mobilidade

Até recentemente o mundo online era visto como inimigo do mundo off-line. Se de um lado as empresas de e-Commerce se destacavam por terem o menor preço e maior praticidade, as empresas de varejo tradicional levavam vantagem no atendimento personalizado, na possibilidade de entrega imediata e na possibilidade de permitir ao cliente experimentar, testar e comparar produtos.

No entanto a popularização dos smartphones, a maior disponibilidade de banda-larga móvel (3G e 4G), os preços acessíveis da tecnologia móvel e a evolução de aplicativos sociais (Facebook, Instagram, YouTube, WhatsApp, TripAdvisor, Buscapé, Reclame Aqui ...) para as plataformas móveis permitiram unir o online e o off-line e deram ao consumidor a possibilidade de aproveitar o melhor dos 2 mundos em qualquer lugar.

Micromomentos

Se antes o consumidor sentava por longos momentos em frente ao computador para efetuar tarefas cotidianas, hoje ele faz isso em micromomentos existentes entre tarefas maiores: durante o cafezinho no trabalho, entre uma garfada e outra do almoço, no percurso a pé do trabalho até o carro, parado no trânsito e em qualquer momento que lhe disponibilize alguns segundos livre. E esse comportamento é a base da nova jornada de consumo das pessoas.

O Google fez uma pesquisa interessante a respeito, que pode ser vista através do link https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/articles/how-micromoments-are-changing-rules.html

Jornada de Consumo

Atualmente 86% das pessoas fazem uma jornada de consumo híbrida na compra de bens duráveis e viagens. Um exemplo é o consumidor que se direciona às lojas físicas já com uma pesquisa online previamente efetuada, procuram atendimento personalizado, tiram dúvidas, fazem testes e comparações. Na sequência tiram o celular do bolso, pesquisam preços, verificam outras opções online, consultam o Reclame Aqui e pedem opiniões aos amigos e família através de Facebook, WhatsApp e TripAdvisor, entre outras coisas. E só então tomarão as decisões de compra.

Nesse novo cenário, as empresas estão passando de protagonistas a coadjuvantes.

E a sua empresa? Está preparado para encarar esse desafio, encantar seu cliente e converter essa venda?

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.