DJI anuncia Mavic Air, drone dobrável com câmera 4K

Por Redação | 23 de Janeiro de 2018 às 14h48

O Mavic Air está chegando! O novo drone dobrável da DJI conta com câmera 4K e braço servo de três eixos, sendo ainda mais portátil e ideal para registrar imagens de tirar o fôlego durante viagens e práticas esportivas ao ar livre.

O drone herda os recursos da série Mavic, e traz funcionalidades adicionais como o modo Quick Shot e SmartCapture, que servem para capturar imagens mais facilmente, além do FlightAutonomy 2.0, sistema de assistência de pilotagem avançada que proporciona voos mais eficientes e seguros.

Seu peso é de somente 430 gramas, sendo o drone da DJI que leva o conceito de portabilidade mais à risca já criado pela marca. Seus braços e hélices são guardados rentes à estrutura aerodinâmica, aumentando sua compactação, ficando do tamanho de um smartphone quando dobrado.

Quanto à câmera, sua estabilização é garantida pelo braço e seus eixos com amortecedores, que reduzem a vibração durante o voo. Seu sensor CMOS de ½,3 polegadas usa uma lente com abertura f/2.8 e distância focal de 24 mm, equivalente aos 35 mm de uma câmera profissional. As imagens são registradas em 12 megapixels contando com HDR, produzindo imagens mais detalhadas mesmo com pouca iluminação.

Os vídeos podem ser filmados em 4K a 30 quadros por segundo, com taxa máxima de bits de 100 Mbps. Ainda, é possível preservar a ação de cenas dramáticas ou muito rápidas com a possibilidade de gravar vídeos em câmera lenta (a 120 fps), se optar pela resolução de 1080p.

Quanto ao armazenamento, o Mavic Air é o primeiro drone da DJI com leitor de cartões micro SD, além de oferecer 8 GB de armazenamento interno. Para transferir tudo ao computador, é só plugar o aparelho à máquina por meio da conexão USB-C.

Recursos inteligentes

Com o Mavic Air, mesmo se o usuário não manjar nada de fotografia, ele consegue fazer registros incríveis. Isso é possível graças aos recursos inteligentes que foram integrados ao produto, como o Sphere, que junta automaticamente 25 fotos sequenciais, criando uma imagem panorâmica de 32 megapixels em apenas um minuto.

Já com o QuickShot, é possível definir o caminho do voo para que o drone mantenha automaticamente o sujeito da foto enquadrado, acompanhando seu movimento. Também é possível fazer vídeos com efeitos, como o Boomerang, que voa em um movimento oval em torno do sujeito, finalizando o vídeo no ponto inicial da filmagem.

Efeito Boomerang do Mavic Air (Reprodução: DJI)

Ainda, há o SmartCaptrure, modo de controle ultrassensível com alcance máximo de 6 metros, que permite controlar o drone e sua câmera por meio de gestos manuais para iniciar, seguir, fotografar, gravar, empurrar, puxar e aterrissar.

Já com o FlightAutonomy 2.0, o drone conta com as sete câmeras de bordo e sensores infravermelhos para construir um mapa 3D do ambiente, planejando um voo mais preciso e seguro. Esse sistema consegue detectar obstáculos que estejam dentro de um raio de 20 metros.

O tempo máximo de voo do drone é de 21 minutos, e seu controle remoto é o primeiro com joysticks destacáveis para aumentar ainda mais a portabilidade. Suas antenas capturam os sinais a um alcance máximo de 4 km.

E quando a novidade chega ao mercado? Disponível em três cores (preto ônix, branco ártico e vermelho), o Mavic Air com bateria, controle remoto, estojo de transporte, protetores de hélice e quatro pares de hélices custa US$ 799 nos EUA. A pré-venda já está rolando pelo site da DJI store.dji.com, e a companhia promete que o produto estará disponível no Brasil em março deste ano.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.