Dicas: como melhorar a qualidade de imagem de sua TV

Por Dimitri Pereira RSS

4k

Você pode obter uma imagem melhor, mais nítida e viva para qualquer tipo de transmissão que deseja assistir na sua TV, podendo ser desde filmes e esportes até seus games favoritos. A maioria das TVs e Smart TVs já são fabricadas com ajustes internos que permitem regular o brilho, o contraste, as cores e selecionar a resolução máxima. Alguns modelos ainda oferecem mais recursos extras como equilíbrio de luz, modos automáticos e entradas HDMI para conectar dispositivos como DVDs, jogos e computadores. Embora as funções variem de modelo para modelo, confira algumas dicas de como deixar a sua TV com uma imagem muito superior.

Equilibrando o brilho e o contraste

Uma dica muito útil que pode ser encontrada no menu da sua TV é a configuração de brilho e contraste. O brilho vai controlar a intensidade de luz emitida pela tela, podendo deixá-la mais clara ou escura e o contraste vai ajustar a intensidade das cores escuras e sombras. Essa configuração é feita de acordo com a intuição, que pode variar de pessoa para pessoa, porém é necessário um pouco de moderação ao equilibrar esses níveis, sempre conferindo o resultado na própria TV.

Configurações de cor

Essa é outra configuração que exige uma dose de harmonia. Embora o recurso seja capaz de deixar a sua TV com uma imagem mais viva e interessante para jogos, esportes e filmes, se exagerada, pode incomodar os olhos ao assistir a programação. Esse recurso também pode ser ajustado através do menu da TV através do controle remoto.

Modos automáticos

Alguns modelos já vêm configurados com modos automáticos ajustados para cada tipo de programação. O usuário pode escolher entre filmes, esportes, jogos de videogame e outros. Essas opções podem variar de acordo com o modelo da TV e são encontradas no menu principal de configurações, através do controle remoto. Desse modo, você não vai precisar ajustar os melhores níveis para cada uma das atrações e poupa tempo, podendo ainda retornar à configuração anterior ou mudá-la de forma bastante simplificada.

Ajustando o tamanho da tela

Aquelas imagens esticadas na tela podem fazer com que a qualidade da imagem seja bastante reduzida. Isso se deve à forma como a TV está configurada. O que você deve fazer é ajustar a tela de forma compatível com o formato de sua TV. Ao invés de amplo, que distorce a imagem, você pode usar alguns formatos que ficam entre 16:9 (widescreen) ou 4:3 no caso de a tela não ser widescreen. Essa dica também é válida para quando você for assistir a um DVD, por exemplo. Evite ampliar demais ou dar zoom na imagem, para que a qualidade permaneça boa.

Selecione a melhor resolução na TV

Caso a sua TV possua essa opção de ajuste, certifique-se de que ela esteja funcionando com a maior qualidade possível que o aparelho possa oferecer em pixels. Dessa maneira, você vai obter a melhor resolução possível ao assistir aos seus programas e mídias. Para entender melhor sobre o tópico, uma TV HD tem 720 pixels de altura, a Full HD tem 1080 pixels de altura e a 4K Ultra HD tem 2160 pixels de altura. Se tiver dúvidas, entre no site da fabricante e busque pelo modelo de sua TV.

Usando as conexões corretas

Uma outra dica muito importante é que você deve usar as conexões corretas, ou mais avançadas para assistir aos seus filmes e vídeos. As TVs mais modernas já vêm com entradas HDMI, o que permite reproduzir áudio e imagem em alta resolução. No caso de querer utilizar um videogame ou um DVD/Blue-Ray, dê prioridade ao uso de um cabo HDMI ao invés do DVI/VGA ou componente, que possuem resolução inferior. O mesmo vale quando for conectar o computador na TV para assistir a videos de streaming como no Youtube ou Netflix, por exemplo.

Recursos de luz

Algumas TVs mais modernas contam com um recurso nativo de iluminação externa, que foi desenvolvido para deixar a experiência de uso ainda mais imersiva, como a tecnologia Ambilight, da Philips. Outros modelos que possuem o recurso de luz externa são as TVs da Sony Bravia. Se você não tem nenhuma dessas TVs, saiba que outros modelos já vêm com configurações avançadas de luz interna, que podem ser acessadas pelo controle remoto e são encontradas no menu da TV.

Dessa maneira a função otimiza a iluminação da tela automaticamente de acordo com os vários tipos de programação. O recurso pode aparecer com outros nomes, como "Iluminação", "Motion Lighting" ou outros, tudo depende do modelo da TV.

Filtro de ruídos

Vale a pena procurar nas configurações da sua TV em busca do Filtro de Ruído Digital. Essa ferramenta melhora a qualidade de imagem. Ela faz isso reduzindo os ruídos de reprodução e as linhas oscilantes que às vezes aparece na tela. Geralmente esse recurso pode ser encontrado nos ajustes avançados e pode ser regulado com as seguintes opções: automático, alto, médio ou baixo.

Conhecendo a imagem digital

Se você possui em sua casa uma TV mais antiga, de tubo e não quer gastar dinheiro contratando um plano de TV a cabo ou satélite, então pode ser interessante que você conheça o suporte digital, que já está há algum tempo disponível no Brasil e muitos canais abertos já disponibilizaram a programação com qualidade superior em HD.

Com essa nova configuração você vai se livrar de vez das imagens distorcidas das antenas analógicas. Para fazer isso, é preciso conferir se a sua TV vem com conversor integrado. Caso não tenha, você precisará comprar o dispositivo de conversão e instalá-lo no televisor antigo. Pelo menos cinco modelos  podem ser encontrados nas principais lojas brasileiras por até R$159. Anote o modelo do seu televisor (geralmente ele vem escrito na parte traseira do aparelho) e dê essa informação ao vendedor no momento da compra para que ele se certifique de que o set-top box seja compatível. Esse ítem fundamental faz com que a TV analógica transmita o sinal digital.

Mas o conversor não é tudo. Também é necessário que você tenha uma antena que capte o sinal digital. Na maioria das cidades, o sinal da TV digital é transmitido em UHF, mas há lugares em que a transmissão acontece também em VHF. Por isso se informe qual tipo de sinal existe em sua região antes de comprar a antena. Muitas delas custam menos de R$50.

A instalação é muito fácil. Se sua TV é um modelo de LCD, LED ou Plasma, é provável que possua entrada HDMI. Você deve então colocar o cabo nessa porta e conectar a outra ponta ao conversor. Este, por sua vez, deve ser conectado à antena. 

Após fazer as conexões, ligue a televisão. Selecione o canal correspondente à porta HDMI que você conectou o cabo. Pronto, nesse canal você estará recebendo sinal digital na TV analógica.

As TVs de tubo também poderão exibir a programação com sinal digital. A única diferença é que elas não possuem portas HDMI. A conexão do conversor e do aparelho será feita através de cabos RCA. Ligue cada um dos três plugues nas portas correspondentes, obedecendo às cores. Depois disso, conecte a set-top box à antena e ligue o televisor. Nesse caso não será preciso selecionar nada, pois o sinal é transmitido imediatamente.

Explore as configurações da TV

Cada modelo de TV oferece recursos de configuração de imagem. Nesse tutorial tratamos de apenas alguns. mas existem vários outros como filtros de cor, matiz, luz de fundo e demais itens presentes e que podem ajudar no dia a dia. Explore essas configurações e descubra todas as funções  que você ainda não conhece a fim de melhorar cada vez mais a qualidade do que você assiste. Essas opções podem ser acessadas através do controle remoto no botão "Menu". 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome