Conheça os 23 livros indicados por Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

Por Redação

Mark Zuckerberg

O sucesso de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, é inquestionável, principalmente quando se pensa na verdadeira revolução que ele fez na conectividade entre as pessoas. No ano passado, mais uma iniciativa interessante saiu das mãos do executivo: um gigantesco clube do livro onde ele postava o título de cada livro e abria espaço para que os participantes discutissem seu conteúdo. 

Ao todo, o executivo da rede social mais popular do mundo indicou 23 livros que ele considera que todos deveriam ler para ampliar conhecimentos sobre culturas, crenças, tecnologias e histórias. Confira a seleção.

1. “The Muqaddimah” - Autor: Ibn Khaldun

O livro, que pode ter seu título traduzido para "A Introdução", foi escrito em 1377 pelo historiador islâmico Khaldun e é uma tentativa de desconstruir preconceitos e de encontrar elementos universais na progressão da humanidade. A abordagem revolucionária de Khaldun fez com que ele ficasse conhecido como um dos pais da sociologia moderna.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

2. "The New Jim Crow" - Autor: Michelle Alexander

A autora é professora de direito na Universidade Estadual de Ohio e defensora dos direitos civis. No livro, Alexander argumenta que a "guerra às drogas" tem fomentado uma cultura em que muitos homens negros não-violentos estão sendo levados para a prisão.

"Eu estive interessado em aprender sobre reforma da justiça penal por um tempo, e este livro foi altamente recomendado por várias pessoas em quem confio", escreveu Zuckerberg.

Disponivel na Amazon (apenas em inglês).

3. "Why Nations Fail" - Autor: Daron Acemoglu e James A. Robinson

"Por que as Nações Fracassam" traz uma visão geral de 15 anos de pesquisas feitas pelo economista do MIT, Daren Acemoglu, e pelo cientista político de Harvard, James Robinson. No livro os autores falam sobre as diferenças entre governos e sobre o que eles consideram saúde a longo prazo para os países, o que nem sempre está relacionado ao crescimento econômico das nações. 

O interesse de Zuckerberg na filantropia tem crescido ao lado do aumento de sua riqueza nos últimos anos. Pensando nisso, o CEO revelou ter escolhido este livro para entender melhor as origens da pobreza global.

Disponível na Amazon Brasil.

4. "The Rational Optimist" - Autor: Matt Ridley

"O Otimista Racional", publicado pela primeira vez em 2010, é o livro mais popular e o mais controverso do jornalista Matt Ridley. Na obra, ele fala sobre a capacidade do progresso humano, potencializado pelas ideias inovadoras que permitem à humanidade a melhora de suas condições de vida, mesmo diante de tantas dificuldades enfrentadas ao longo da história. 

Disponível na Amazon Brasil.

5. "Portfolios of the Poor" - Autor: Daryl Collins, Jonathan Morduch, Stuart Rutherford e Orlanda Ruthven

O livro é resultado de um estudo de 10 anos sobre a vida financeira das classes mais baixas de Bangladesh, Índia e África do Sul. Uma das principais análises da obra trata da capacidade de sobrevivência das populações que não têm acesso a recursos básicos para uma vida digna.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

6. "World Order" - Autor: Henry Kissinger

"Ordem Mundial" analisa as diferentes formas sobre as quais as sociedades compreenderam o conceito de império e poder político ao longo dos séculos, relacionando-os com a economia mundial. "O assunto é importante para criar o mundo que todos nós queremos para os nossos filhos, e é sobre isso que eu estou pensando esses dias", contou o executivo.

Disponível na Amazon Brasil.

7. "The Varieties of Religious Experience" - Autor: William James

William James, um dos principais filósofos norte-americanos, discute a consciência religiosa e a forma com que as pessoas utilizam a religião como fonte de significado, impulsionando-as a seguir determinados caminhos a partir de suas convicções e experiências religiosas. 

Disponível na Amazon (em inglês ou espanhol), mas é possível encontrar versões traduzidas para o português em livrarias brasileiras.

8. "Creativity, Inc." - Autor: Ed Catmull

"Criatividade S/A." é a história da Pixar, escrita por um de seus fundadores. Ed Catmull intercala sua narrativa com conhecimentos e dicas sobre gestão e empreendedorismo, defendendo a ideia de que todas as empresas devem incentivar a criatividade natural de seus funcionários.

"Adoro ler relatos em primeira mão sobre como as pessoas constroem grandes empresas como a Pixar, nutrindo inovação e criatividade", escreveu Zuckerberg.

Disponível na Amazon Brasil.

9. "Sapiens" - Autor: Yuval Noah Harari

Publicado pela primeira vez em 2014, "Sapiens" é um aclamado best-seller internacional escrito pelo historiador Harari da Universidade Hebraica de Jerusalém. O livro traça toda a evolução do Homo sapiens, especulando o que pode acontecer no futuro.

"Após 'Muqaddimah', que era uma história a partir da perspectiva de um intelectual em 1300, 'Sapiens' é uma exploração contemporânea de muitas perguntas semelhantes", revelou.

Disponível na Amazon Brasil.

10. "The Structure of Scientific Revolutions" - Autor: Thomas S. Kuhn

"A estrutura das revoluções científicas", desde sua primeira publicação, em 1962, olha para a evolução da ciência e para o seu efeito no mundo moderno. De acordo com a Enciclopédia de Filosofia de Stanford, este é um dos livros acadêmicos mais citados de todos os tempos.

Disponível na Amazon Brasil.

11. "Dealing with China" - Autor: Henry M. Paulson Jr.

O livro explora a recente ascensão da China no que se refere à sua grande influência global, refletindo sobre como essas transformações afetam o mundo, afinal ao longo dos últimos 35 anos a China tem experimentado uma das maiores transformações econômicas e sociais da história.

Para o CEO, "centenas de milhões de pessoas saíram da pobreza. Com muitas medidas, a China tem feito mais para tirar as pessoas da pobreza do que todo o resto do mundo junto".

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

12. "The Beginning of Infinity" - Autor: David Deutsch

Em sua obra, o físico David Deutsch lança um olhar amplo para o progresso da humanidade após a Revolução Científica. Para isso, o livro aborda assuntos variados, desde arte e ciência até questões políticas e filosóficas.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

13. "The Better Angels of Our Nature" - Autor: Steven Pinker

De acordo com Zuckerberg, apesar de as 800 páginas que compõem o livro parecerem intimidadoras, a leitura se dá de forma bastante simples. O estudo do psicólogo de Harvard aponta para o paradoxo da diminuição da violência ao longo do tempo ao mesmo passo em que as mídias a tornam mais explícita.

Disponível na Amazon Brasil.

14. "Genome" - Autor: Matt Ridley

Ridley é o único autor a aparecer na lista de Zuckerberg duas vezes. Seu livro de 1990, "Genoma", é uma exploração da evolução dos genes e do crescente campo da genética.

Segundo Zuckerberg, "este livro pretende contar uma história da humanidade a partir da perspectiva da genética, ao invés da sociologia".

Disponível na Amazon (apenas em inglês), mas é possível encontrar versões traduzidas para o português em livrarias brasileiras.

15. "The End of Power" - Autor: Moisés Naím

O livro pode ser compreendido como uma investigação histórica da mudança de poder de governos autoritários, militares e de grandes empresas. Para isso, o autor discute a fragmentação do poder, que coloca grandes potências em risco.

Disponível na Amazon Brasil.

16. "On Immunity" - Autor: Eula Biss

Zuckerberg afirma que a leitura da investigação de Biss sobre os benefícios da vacinação é imprescindível, já que existe um forte movimento anti-vacinação nos EUA e em partes da Europa. Segundo o executivo, este livro foi altamente recomendado a ele por cientistas e profissionais da saúde pública.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

17. "The Idea Factory" - Autor: Jon Gertner

No livro, Jon Gertner conta a história dos Laboratórios Bell, da década de 1920 até a década de 1980, momento em que a invenção do transistor revolucionou o mundo da tecnologia, dando início ao estilo de gestão que rege o Vale do Silício.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

18. "The Three-Body Problem" - Autor: Cixin Liu

"The Three-Body Problem" foi publicado pela primeira vez na China em 2008, e a tradução em Inglês, que saiu no ano passado, ganhou o prêmio de livro sci-fi do ano. A trama ocorre durante a Revolução Cultural de Mao Tsé-tung, quando uma raça alienígena decide invadir a Terra depois que o governo chinês envia secretamente um sinal para o espaço. Para Zuckerberg, essa é uma história divertida para quebrar a sequência de livros "pesados".

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

19. "Gang Leader for a Day" - Autor: Sudhir Venkatesh

Venkatesh é professor de sociologia da Universidade de Columbia, que, em um experimento sociológico radical, acabou se incorporando a uma gangue de Chicago na década de 1990.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

20. "The Player of Games" - Autor: Iain M. Banks

O livro explora como uma civilização lidaria com uma tecnologia altamente avançada capaz de superar as habilidades humanas. E não é só Zuckerberg quem recomenda a leitura. De acordo com informações, esta é uma das leituras favoritas de Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

21. "Orwell's Revenge" - Autor: Peter Huber

O livro é uma sequência não-oficial de “1984”. A trama se passa em 1994, em um mundo onde tecnologias, como a internet, davam espaço para novas formas de comunicação. Assim, a narrativa explora um mundo onde as pessoas utilizam a tecnologia - que as aprisionou - para se libertarem. 

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

22. "Energy: A Beginner's Guide" - Autor: Vaclav Smil

Originalmente publicado em 2006, a obra começa com uma explicação básica do que é energia e, em seguida, move-se para temas mais complexos, incluindo a busca para criar combustíveis mais eficientes e ambientalmente amigáveis.

"O autor explora temas importantes em torno de como funciona a energia, como a nossa produção e utilização podem evoluir, e como isso afeta as alterações climáticas", afirmou Zukerberg.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

23. "Rational Ritual" - Autor: Michael Suk-Young Chwe

Zuckerberg acredita que este livro, escrito pelo economista Michael Suk-Young Chwe, da UCLA, pode ajudar os leitores a aprenderem quais são as melhores formas de usar as mídias sociais. A obra explora o conceito de "senso comum", mostrando a importância das ideias compartilhadas. Assim, o livro apresenta uma análise psicológica da interação entre as pessoas e da formação da identidade.

Disponível na Amazon (apenas em inglês).

Acrescentaria mais algum livro na lista? Conte para a gente nos comentários.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome