Sobe ou desce? Gartner e IDC divergem sobre vendas de PCs no Q4 de 2014

Por Redação | 14 de Janeiro de 2015 às 08h06
photo_camera Copyright: wavebreakmedia

Após dois anos de declínio nas vendas, o mercado de PCs parece estar dando os primeiros sinais de recuperação - pelo menos é isso o que informa a empresa de consultoria Gartner. Os analistas da IDC, por sua vez, indicam que o número de computadores vendidos continua em queda e que o mercado continua fraco das pernas. Saiu no The Verge.

Segundo o Gartner, as vendas de PCs apresentaram um crescimento de 1% no quarto trimestre de 2014, período que integra as vendas do período de festas do final do ano. “O mercado de PC está lentamente se estabilizando depois de uma redução da base instalada dirigida por usuários que diversificaram seu portfólio de dispositivo. Agora que os tablets entraram em alguns mercados-chave, os gastos do consumidor mudam lentamente de volta para PCs”, explicou Mikako Kitagawa, analista do Gartner.

Considerando os dados do Gartner, foram vendidas 83,7 milhões de unidades de PCs entre os meses de outubro e dezembro de 2014, com maior crescimento trimestral visto nos Estados Unidos. Entre as marcas, a Lenovo continuou na liderança do segmento, apesar de um grande crescimento da HP. As três principais fabricantes, segundo a consultoria, são: Lenovo (19,4%), HP (18,8%) e Dell (12,7%). Todas apresentaram crescimento durante o período analisado.

A IDC, por outro lado, diz que foram vendidos 80,8 milhões computadores durante o quarto trimestre de 2014, o que representa 2,9 milhões a menos do que os números apresentados pelo Gartner. Considerando estes dados, a IDC afirma que, nas vendas ano a ano, houve uma queda de 2,4% no mercado global de PCs e uma redução de 2,1% na comparação com 2013.

“A força de líderes de mercado, a melhoria na Ásia/Pacífico e do mercado consumidor de forma geral são sinais positivos para o mercado de PCs”, acredita Loren Loverde, vice-presidente da IDC. “O crescimento do Chrome, Bing, all-in-ones, conversíveis e sistemas com tela sensível ao toque tornam os PCs mais atraentes e competitivos. No entanto, alguns dos ganhos são relativamente pequenos”, afirma ele.

Uma mudança considerável nas comparações entre Gartner e IDC é que, segundo esta, a quinta maior fabricante do mundo é a Apple, enquanto o Gartner considera a Asus. Essas divergências ocorrem devido às formas com que ambas as consultorias analisam as vendas de PCs.

Os dados da IDC incluem Chromebooks e exclui tablets Windows, mesmo máquinas com um teclado destacável como a Surface Pro 3, já o Gartner conta os tablets baseados em Windows como PCs e exclui Chromebooks ou quaisquer tablets não-baseados no Windows.

Fonte: http://www.theverge.com/2015/1/13/7537367/pc-market-growth-likely-in-2015http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/01/depois-de-despencar-venda-de-pcs-sobe-1-no-4-trimestre-de-2014.html

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.