Pesquisa revela: quase 50% dos professores já utilizam computadores nas aulas

Por Redação | 17.07.2014 às 11:00

O uso de recursos tecnológicos facilita a nossa vida em muitos aspectos e isso não é diferente nas salas de aula. Segundo a pesquisa TIC Educação, divulgada esta semana, o número de professores de escolas públicas que utilizam computadores com acesso à internet para a realização das atividades currículares aumentou para 46%. Em 2010 este percentual era de apenas 18%.

A pesquisa TIC Educação avalia o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras. Ela é realizada anualmente pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) em parceria com o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) e o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). A edição referente a 2013 foi divulgada nesta terça-feira (15). O estudo foi feito entre os meses de setembro e dezembro do ano passado. Na ocasião, 939 diretores, 870 coordenadores pedagógicos, 1.987 professores e 9.657 alunos de 994 escolas públicas e privadas localizadas em áreas urbanas de todas as regiões do Brasil foram entrevistados. Dentre as 994 escolas participantes da pesquisa, 65 delas não possuem computadores.

Analisando o percentual sobre o total de professores de escolas públicas que utilizaram computador e/ou Internet para realizar alguma atividade, a pesquisa mostrou que 46% dos docentes já utilizam os recursos tecnológicos dentro da sala de aula. No entanto, a grande maioria deles (76%) ainda utiliza os famosos laboratórios de informática.

A pesquisa revelou ainda que:

  • 96% dos professores de escolas públicas e particulares utilizam os recursos de internet para preparar aulas e atividades. Destes, 61% contam com a ajuda de videoaulas para essa preparação;
  • 51% dos docentes entrevistados afirmaram que utilizam seus notebooks pessoais nas escolas;
  • 46% dos professores utilizam computador com acesso à internet para aulas expositivas e 47% utilizam a ferramenta para a realização de exercícios práticos;
  • O número de computadores instalados dentro das salas de aula permaneceu inalterado entre os anos de 2012 e 2013. Apenas 12% das salas onde a pesquisa foi realizada tinham pelo menos um computador;
  • Praticamente todas as escolas têm computadores de mesa (99%) e 73% das instituições possuem computadores portáteis;
  • Os tablets tiveram um crescimento considerável nas escolas no último ano. Em 2012 apenas 2% das escolas envolvidas na pesquisa possuiam o gadget. Em 2013 este percentual subiu para 11%.

Com relação à conexão, a pesquisa TIC Educação identificou que 71% das escolas públicas avaliadas possuiam internet Wi-Fi em 2013. Contudo, o comitê afirma que a conexão em 52% destas escolas ainda é muito lenta, até 2Mbps, e deixa a desejar. Enquanto isso, apenas 28% das instituições privadas têm conexão baixa.

A pesquisa TIC na educação completa está disponível online e você pode conferi-la clicando aqui.