Microsoft Cloud é o serviço em nuvem que menos consome energia, diz estudo

Por Natalie Rosa | 21 de Maio de 2018 às 10h12
Reprodução

Um estudo conduzido pela Microsoft mostrou que o Microsoft Cloud é o serviço de nuvem com maior eficiência energética do mercado. O relatório final da pesquisa mostrou que o serviço é 93% mais eficiente em termos de energia em relação a concorrência e emite 98% menos carbono ao meio ambiente.

A redução da emissão de carbono é um fator que vem sendo tratado com dedicação pelas grandes empresas. Além da Microsoft, Google e Facebook já estão tratando da questão da energia renovável pela sua autossuficiência e sustentabilidade.

Os resultados do estudo mostram que caso 20% do mercado existente nos Estados Unidos migrasse para o serviço de nuvem da Microsoft, a diminuição seria o equivalente ao corte de emissão de Seattle, em Washington, ou Torino, na Itália.

"Estamos animados com os resultados, mas sabemos que ainda há muito trabalho para ser feito. Este relatório compara a Microsoft apenas com soluções locais", conta a empresa no relatório, afirmando que não há tantas soluções a serem feitas em 2018 como havia em 2010.

A previsão da empresa de Bill Gates é de que, em três anos, os serviços em nuvem respondam por até 95% do tráfego de data centers. Para os próximos anos, a promessa de mais mudanças e objetivos para evitar danos ao meio ambiente.

O relatório completo do estudo pode ser baixado em PDF no site da Microsoft.

Fonte: Blog Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.