Gartner aconselha cautela a CIOs ao migrarem data centers para nuvem pública

Por Redação | 15.03.2016 às 08:34

Apesar da crença geral de que a Infraestrutura como Serviço (IaaS) em nuvem pública seja sempre uma opção melhor e mais barata do que manter seus próprios data centers, é preciso cautela e uma boa análise para ver se essa é mesmo a solução ideal para cada caso. É o que recomenda o Gartner, empresa que realiza pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia.

De acordo com a consultoria, a IaaS em nuvem oferece mais funcionalidade do que uma estrutura interna de TI, em especial quando combinada a uma Plataforma como um Serviço (PaaS) integrada. Mas investir nesse tipo de solução pode não ser economicamente satisfatório para aquelas empresas que preferem (ou precisam) reduzir suas despesas com TI.

A recomendação pelo ceticismo quanto a essa migração se dá porque a infraestrutura e os aplicativos raramente mudam, novos aplicativos raramente são inseridos no data center ou o domínio existente de um modelo funciona de forma eficiente e estável. Para o Gartner, talvez ainda valha mais a pena manter sua estrutura de data center “se o negócio for relativamente estático e com pouca necessidade de agilidade”.

Outra recomendação é avaliar cuidadosamente os desafios da implementação nos seguintes casos: se a empresa possui muitos usuários em localizações com conectividade WAN (Rede de Longa Distância) fraca para provedores de nuvem IaaS; se a empresa está em locais físicos onde os requisitos não estão bem servidos pelos provedores de nuvem IaaS; ou se um número significativo de aplicativos tem requisitos de localização que criariam complexidades de integração.

Além disso, também é preciso definir quais são as prioridades de TI da empresa, tendo em mente que os projetos de migração do data center são disjuntivos e que pode haver benefício limitado se não ocorrer uma transformação significativa. A consultoria também acredita que é preciso colocar cargas de trabalho individuais conforme o uso em uma nuvem pública de IaaS, mesmo em pequena escala, quando há obrigação técnica ou é benéfico para a empresa.

Esse e outros assuntos relacionados serão debatidos na Conferência Infraestrutura, Operações de TI e Data Center 2016, organizada pelo Gartner, que acontecerá nos dias 04 e 05 de abril no Sheraton São Paulo WTC Hotel, na zona sul da capital paulista. O evento é voltado para diretores de TI e abordará novas oportunidades para otimização de valor e de custo de TI. As inscrições podem ser feitas neste link e custam a partir de R$ 3.325.