Equinix aposta em interconexão para crescer no Brasil

Por Leandro Souza | 27.10.2016 às 20:51
photo_camera Divulgação

O mercado de data centers e infraestrutura está em um movimento de expansão no país. Companhias como Ascenty e Equinix fazendo investimentos em novos centros de dados, assim como empresas que até hoje em dia não tinham serviços em nuvem estão sediando suas soluções em infraestruturas locais. Entretanto, marcas como a Equinix apontam que a interconexão destes dados é o que fará a diferença no mercado do futuro.

"Hoje não somos mais vendedores simplesmente de infraestrutura e sim fazemos parte de um ecossistema que conecta diferentes negócios e seus clientes", afirmou Eduardo Carvalho, presidente da multinacional no Brasil.

Segundo a Equinix, empresa que esteve na Futurecom 2016, os provedores de nuvem e infraestrutura terão que oferecer diferenciais na camada de software e serviços para se destacar em um segmento em que a mera disponibilização de racks e armazenamento está aos poucos se tornando uma commodity.

"Cada empresa faz uso de nossa infraestrutura de forma diferente, e buscamos novas formas para evoluir isso dentro de nossa carteira de clientes", destacou Carvalho, se referindo ao sistema de marketplace montado dentro de sua plataforma.

O marketplace da Equinix disponibiliza aplicações desenvolvidas por clientes da empresa e usadas nos data centers da companhia, mas que são revendidas de cliente para cliente dentro da plataforma.

"Quem vende pode se beneficiar financeiramente usando o marketplace, assim como aquele que compra pode ter softwares já otimizados para suas operações em nossa infraestrutura", explica Carvalho.

Outra tendência apontada pelo presidente da Equinix no Brasil é a parceria com players de software que estão vendendo seus produtos em nuvem no país. Uma parceria recente realizada pela multinacional foi com a SAP, que sediará sua oferta de software como serviço (SaaS) nos data centers da Equinix. A solução ofertada será o SuccessFactors, sistema de gestão de recursos humanos da SAP.

"Diversas companhias estão movimentando nesta direção no país e estamos prontos para atender esta demanda", afirmou Carvalho, apontando que a empresa está construindo um novo centro em São Paulo, o quinto da companhia no país.

Em maio, a companhia anunciou o investimento de US$ 76 milhões na primeira etapa de construção de SP3, que será localizado em Santana de Parnaíba e tem inauguração prevista para o primeiro trimestre de 2017. Segundo destacou a empresa, o projeto terá outras 5 fases e os cerca de 2.800 racks de SP3 dobrarão a disponibilidade de espaço da empresa no Brasil.

O SP3 terá total de 20 mil m² e contará com mais de 8 mil m² de área de colocation. A distância entre o SP3 e SP2, data center da companhia em Tamboré, SP, será ligada por meio de fibra ótica escura via Equinix Metro Connect, solução de conectividade entre diferentes DCs Equinix e também com operadoras e empresas.