IBM lança curso online e gratuito com foco em Internet das Coisas

Por Redação | 13 de Abril de 2017 às 08h01
photo_camera Divulgação

Para quem quer aprender mais sobre o universo da Internet das Coisas (IoT), aí vai uma dica: a IBM está oferecendo um curso online e gratuito sobre essa tendência que deve estar cada vez mais presente no dia a dia dos usuários.

O módulo é uma introdução ao desenvolvimento e implementação de soluções para a IoT e contempla principalmente a criação de aplicativos que promovam a conectividade em diferentes plataformas. A ideia é que os inscritos possam explorar os vários dispositivos que facilitam a vida das pessoas e estejam relacionados à nanotecnologia.

Além da produção de apps integrados, os alunos vão aprender mais sobre o Node-RED, ambiente de desenvolvimento de ferramentas visuais de código aberto, e a como usar APIs para acessar a plataforma e explorar as diferentes opções de conectividade para vários dispositivos, gateways e aplicativos. Os matriculados no curso ainda terão de criar uma solução IoT básica através de blocos pré-construídos de códigos que abstraem e aceleram o processo de desenvolvimento desses apps.

As aulas serão ministradas pelos especialistas Brian Innes e Yianna Papadakis Kantos no formato de videoaulas e têm duração de duas a quatro horas por semana durante o período de um mês. É desejável que os interessados tenham alguns pré-requisitos, como domínio da língua inglesa - todas as matérias estão no idioma inglês, com opção de legendas em alemão -, conhecimentos de Python e JavaScript e um computador com hardware eficaz para concluir atividades práticas.

Também é exigido que o candidato tenha um dispositivo Rasperry Pi, já que os exercícios terão de ser realizados usando uma versão de teste da plataforma IBM IoT Watson baseada em nuvem e que roda no Pi. O PC também precisa ter instalado o sistema operacional Rasbian Jessie OS via cartão microSD, que deve ter no mínimo 4 GB de capacidade interna.

O curso pode ser acessado neste link. As aulas são gratuitas, mas é necessário pagar uma taxa caso o aluno deseje o certificado.

Fonte: Engenharia É

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.