Guia de Cursos de TI: Sistemas para Internet

Por Rafael Romer | 18 de Fevereiro de 2013 às 09h05

Duração do Curso: de 2 a 3 anos.

Mercado de trabalho: Desenvolvimento e manutenção de websites de pequenas, médias e grandes empresas

Salário inicial: R$ 1.170,00 (Sindpd)

Expectativa salarial: até R$ 20 mil

Veja mais: Guia de Cursos de TI - saiba qual é o mais indicado para você

O tecnólogo em Sistemas para Internet é um profissional de nível superior, formado em um curso superior da área de tecnologia. Voltado para as demandas crescentes de TI, o curso tem duração menor do que os mais tradicionais de graduação, possibilitando uma entrada rápida do profissional no mercado de trabalho.

O curso de Sistemas para a Internet se aproxima muito do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, mas tem como principal diferença a atuação profissional, que focará as atividades no ambiente da Internet e não na programação de software.

Entre as funções que o aluno aprenderá a desempenhar estão o desenvolvimento de sistemas, de páginas da web, de interface de sites, o esquema de cores, tratamento de imagens, criação de banners, posicionamento de links, programação em HTML 5, marketing digital, entre outros. Como resultado disso, uma das principais áreas de atuação desse profissional é como webmaster ou webdesigner.

Outro nicho que o profissional pode atuar é na área de segurança de informação na internet, protegendo sistemas e informações, trabalhando com grupos de anti-vírus e software de segurança.

Uma outra possibilidade é o desenvolvimento e manutenção dos chamados grandes portais de desenvolvimento. "São ferramentas nas quais você consegue montar sistemas mais produtivos e organizados", explica o coordenador dos cursos superiores de tecnologia da FIAP, Leandro de Freitas. Em plataformas como essa, o usuário não precisa digitar códigos para realizar uma publicação ou postagem, acelerando o trabalho em uma empresa. Um exemplo desse tipo de plataforma é o publicador Wordpress.

Essa área de atuação também é a com maiores possibilidades de salário, que podem chegar a até R$ 20 mil para um profissional com anos de experiência. "O número de pessoas na área é pequeno e o nível de dificuldade é grande, por isso os salários são maiores", afirma Leandro.

Assim como em outros cursos técnicos de TI, uma das recomendações do aluno de Sistemas para Internet é que já procure estagiar a partir do primeiro ano, para evitar ficar defasado quando chegar ao mercado com a formação apenas acadêmica. "A faculdade dá um conhecimento bem focado para o mercado, se ele começar a estagiar cedo, com certeza o conhecimento dele passa a ser bem mais amplo", afirma Leandro. Ao sair da faculdade, é importante que o profissional também fique atento sobre novas linguagens de programação e ambientes de desenvolvimento de software, para não ficar para trás.

Sendo um profissional de nível superior, os tecnólogos podem continuar seus estudos através de uma pós-graduação (Mestrado e Doutorado) ou fazendo cursos de especialização. "A certificação do profissional é essencial para o mercado, assim como um bom inglês também", afirma Leandro.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.