Guia de Cursos de TI: Sistemas de Informação

Por Redação | 18 de Fevereiro de 2013 às 09h05

Duração do Curso: 4 anos

Mercado de trabalho: Ramo bancário, montadoras, empresas de telefonia, indústrias, pequenas, médias e grandes empresas, multinacionais, empresas que prestam serviços de TI.

Salário inicial: R$ 2.500,00

Expectativa salarial: até R$ 18 mil

Veja mais: Guia de Cursos de TI - saiba qual é o mais indicado para você

O curso de Sistemas de Informação é um bacharelado de quatro anos de duração que tem como foco o estudo da informática, da tecnologia da informação e de suas relações. De certa forma, o profissional desta área reúne as competências de outros cursos técnicos da área de TI, como Rede de Computadores, Banco de Dados, Análise e Desenvolvimento e Sistemas para a Internet.

O bacharel em Sistemas de Informação está apto para desenvolver, planejar e escrever software novo para empresas e cadeias de produção; criar, organizar, administrar e garantir a segurança de redes de computadores em uma empresa; desenvolver e administrar páginas e plataformas na web; e criar, trabalhar na manutenção e manter seguros bancos de dados empresariais.

Por sair da faculdade com um leque amplo de conhecimento, o profissional não precisa necessariamente ir trabalhar com hardware ou software, seguindo para a área mais próxima de gestão e administração de TI, como gerência de projetos, através da ligação entre a administração e a área de computação de uma empresa, a área da logística, consultoria ou até a área de marketing e vendas.

"Não é uma obrigação que esse profissional vá trabalhar com a máquina, são muitas possibilidades", explica César Caetano, coordenador do curso de graduação em Sistemas de Informação da FIAP. As áreas ligadas à administração e gestão são, inclusive, as que costumam render os melhores salários para o profissional com mais anos de carreira, chegando a patamares de até R$ 18 mil para gerentes.

Independentemente da área, a recomendação é que o profissional comece cedo no mercado de trabalho, de preferência com um estágio a partir do segundo ano de curso. "Desta forma a empresa tem mais tranquilidade para contratar o recém-formado, sabendo que ele está preparado", afirma César. Estágios na área de Sistemas de Informação costumam estar alinhados com a grande oferta de empregos e demanda por profissionais, girando em torno dos R$ 1.000,00 de bolsa.

É necessário também que o profissional invista em outras línguas, tendo o inglês como obrigatória, já que a maior parte da programação é feita neste idioma, e algum outro adicional, como o espanhol. Parte do trabalho do profissional de Sistema de Informação é no contato direto com o cliente, o que pede que a pessoa mantenha-se atualizada para garantir um relacionamento bom. Assim como outros cursos da área, certificações são necessárias para manter o profissional em dia com o mercado. “O aluno entra com uma tecnologia no mercado e, depois de quatro anos de curso, já precisa se atualizar”, explica Caetano.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.