Google vai ajudar 1 mi de professores indianos a darem aulas online

Por Stephanie Kohn | 13 de Julho de 2020 às 08h30
Divulgação
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Em evento online promovido pelo Google na Índia, a companhia revelou que fechou uma parceria com a Central Board of Secondary Education (CBSE), um grupo local de educação, para ajudar 1 milhão de professores a darem aulas online até o final do ano.

A empresa vai auxiliar educadores de 22 mil escolas ao redor do país a darem aulas online por meio de ferramentas como YouTube, Google Classroom e GSuite. As soluções estarão disponíveis em oito idiomas locais incluindo Hindi e Gujarati.

O novo programa do Google quer resolver três problemas principais de educação do país: falta de conteúdo educacional digital em línguas locais, acesso à dispositivos e internet, e treinamento de professores em relação à ferramentas digitais.

"Quando a pandemia restringiu a mobilidade em todo o país, permitimos o acesso gratuito aos recursos premium de ferramentas como o Google Meet, além de compartilhar ferramentas educacionais gratuitas como o Google Classroom. Os resultados foram animadores. O Google investiu em várias iniciativas educacionais na Índia. No ano passado, a empresa lançou um aplicativo offline, chamado Bolo, para ajudar as crianças do país a falar inglês e hindi. Em maio, o aplicativo foi lançado globalmente sob o nome Read Along, com suporte para idiomas adicionais, como espanhol e português", contou Sapna Chaddha, diretor sênior de marketing da Google Índia e Sudeste da Ásia.

Junto com a nova parceria com as escolas, o Google.org, o braço de filantropia da companhia, vai doar US$ 1 milhão à Kaivalya Education Foundation (KEF) para treinar professores a usarem ferramentas educacionais digitais.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.