Cabify e Ironhack oferecem R$ 250 mil em bolsas para cursos de TI

Por Rafael Arbulu | 15 de Julho de 2019 às 14h15
dotshock

Se você busca capacitação e trabalho em TI, talvez essa notícia seja do seu interesse: a Cabify trouxe para o Brasil uma parceria com a escola de cursos em tecnologia Ironhack, a fim de reduzir o gap profissional da indústria com bolsas de estudo que, no total, somam R$ 255 mil em benefícios de estudo.

Segundo as empresas, que já executavam essa parceria na Espanha, serão três bolsas de valor integral (R$ 17 mil) e 60 bolsas com valor parcial (até R$ 3,4 mil) em qualquer um dos três cursos disponíveis da Ironhack em São Paulo: Desenvolvimento Web, UX/UI Design e Data Analytics.

O que leva as empresas a apostarem nessa parceria é a preparação dos brasileiros para os chamados “empregos digitais”, com foco específico na análise de dados e construção de experiências para o usuário de diversas aplicações modernas. “Para isso, eles vão aprender todos os fundamentos necessários de uma maneira imersiva e acelerada”, explica Tiago Mesquita, general manager da Ironhack no Brasil.

Emprego em TI: Cabify se une à Ironhack para oferecer bolsas de estudo nos cursos voltados aos chamados "empregos digitais"

A empresa de transporte e carona privada Cabify, por exemplo, é uma delas. A plataforma nasceu da necessidade de modernização pela busca e aquisição de transporte via caronas por meio de um app de smartphone. Isso ressalta a importância do meio como um dos pilares de seu negócio, além de mostrar a necessidade de profissionais cada vez mais qualificados para atuação na área.

De acordo com Pedro Meduna, country manager da Cabify no Brasil, “novas oportunidades e carreiras têm surgido devido a crescente demanda por esses profissionais e iniciativas nesse sentido ajudam a impulsionar o mercado. A Cabify, por exemplo, vai investir mais de 20 milhões de dólares destinados a área de tecnologia somente em São Paulo ao longo dos próximos 5 anos”.

O programa já tem inscrições abertas por meio de uma página dedicada, na qual os interessados deverão preencher um formulário e aguardarem receber material didático para um teste online. A aprovação ficará por conta da empresa, que vai considerar volume de acertos e erros, bem como tempo de realização da prova e análise de perfil no questionário pessoal.

As inscrições seguem abertas até o dia 31 de julho de 2019, com anúncios dos aprovados feitos ao longo do mês de agosto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.