Novos modelos climáticos apontam que Vênus pode ter sido habitável

Por Redação | 05.08.2016 às 16:34
photo_camera Foto: Reprodução

De acordo com uma pesquisa enviada para o Geophysical Research Letters, uma equipe de cientistas liderada por Michael J. Way analisou as possibilidades do planeta Vênus ter sido habitável por cerca de 2 bilhões de anos. Parece algo inimaginável nos dias de hoje, visto que o planeta mais próximo da Terra, em termos de distância, tem uma temperatura de quase 500ºC na superfície e uma atmosfera 90 vezes mais densa que a nossa.

Fazendo simulações 3D de clima e usando dados topográficos coletados pela missão Magellan, além de métricas prováveis do passado de Vênus, a equipe descobriu que o planeta poderia ter tido temperaturas moderadas se a rotação fosse mais lenta que 16 dias terrestres, apesar do fluxo de incidência solar de 46% a 70% maior que o da Terra atualmente.

Mais possibilidades

Se usado o período de rotação atual de Vênus, de 243 dias terrestres, o clima do planeta poderia ter permanecido habitável até, pelo menos, 715 milhões de anos atrás, caso houvesse um oceano primordial raso. Há 2,9 bilhões de anos, a temperatura na superfície seria, segundo os modelos climáticos usados, de 11ºC.

Vale o alerta: os dados foram obtidos tendo como parâmetros a velocidade de rotação e topografia atual de Vênus. Caso tivesse sido usado os dados atuais da Terra, por exemplo, o segundo planeta do Sistema Solar viraria uma panela de pressão. Essa é uma das conclusões do estudo: mostrar como a rotação e topografia influenciam na história climática de um planeta.

A alteração se deve à diferença na circulação atmosférica, que varia conforme a velocidade de rotação do planeta. Na Terra, que gira mais rápido, há várias células Hadley (correntes atmosféricas), mas, num corpo celeste lento, há somente uma delas em cada um dos hemisférios. Isso permitiria que Vênus tivesse uma barreira de nuvem que reflete a luz do Sol de volta para o espaço.

A habitabilidade da Terra e Marte mudaram no curso da vida do Sistema Solar. Evidência geológicas mostram que o planeta vermelho era muito mais úmido num passado distante, Já nosso planeta alternou entre eras glaciais e de calor extremo enquanto acumulava oxigênio na atmosfera, ficando cada vez mais propício para abrigar vida.

Fontes: Gizmodo e "Was Venus the First Habitable World of our Solar System?"