Noruega é o primeiro país a parar com transmissões de rádio em FM

Por Redação | 12 de Janeiro de 2017 às 11h29
photo_camera DepositPhotos

A Noruega se tornou o primeiro país do mundo a parar com transmissões de rádio em FM na quarta-feira, 11, dando lugar à tecnologia de rádio digital. A medida havia sido aprovada pelo parlamento norueguês em 2011.

O desligamento começou na cidade mais ao norte do país, Bodø, perto do Círculo Polar Ártico, e teve cobertura ao vivo da televisão norueguesa. Só restam cinco estações nacionais de rádio FM naquele país.

Segundo o governo, hoje, a Noruega tem 22 estações nacionais de rádio digital e ainda há espaço para outras 20. O serviço público de radiodifusão norueguês, o NRK, desligará seu sinal FM antes da concorrência aos poucos: o sinal sairá do ar região por região, ainda este mês.

Vale lembrar que vários outros países da Europa e do sul da Ásia também avaliam uma transição para a rádio digital. "Quem escuta rádio pode decidir, em vez disso, passar a ouvir sua coleção de músicas ou os serviços de streaming. Se a mudança prejudicar a audiência, pode ser que outros países fiquem menos dispostos a também desligar seu sinal FM e AM", afirmou o analista britânico James Cridland.

Economia

O ministério da Cultura norueguês estima que a digitalização das emissoras nacionais de rádio gerará uma economia anual de cerca de US$ 25 milhões (aproximadamente R$ 80 milhões).

"O custo de transmissão de rádio nacional pela rede FM é oito vezes maior que pela rede de Retransmissão Digital de Áudio", disse o ministério em um comunicado. Isso se deve em parte pelo menor consumo de energia da transmissão digital.

A ministra da Cultura, Thorhild Widvey, exemplifica outras vantagens. "Os ouvintes terão acesso a um conteúdo de rádio mais diverso e plural e desfrutarão de uma maior qualidade de áudio, além de novas funcionalidades".

Fonte: Folha de S.Paulo

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!