Lei dos cinco segundos: as bactérias realmente são mais rápidas que você

Por Redação | 13 de Setembro de 2016 às 00h01

Sim, ainda há pesquisas sendo feitas sobre a famosa "regra dos cinco segundos" que serviu como desculpa para tantas pessoas aproveitarem aquele último pedaço de chocolate que caiu no chão. Apesar de já haver tantas publicações sobre o assunto, recentemente um artigo publicado na revista "Applied and Environmental Microbiology", da Universidade Rutgers, nos EUA, confirma que a regra não deve ser aplicada.

De acordo com os resultados do estudo, definitivamente não importa o quão rápido você precisa pegar a comida, porque as bactérias terão sido transferidas para o alimento praticamente de imediato. Na verdade, dependendo dos itens alimentares, os germes podem se espalhar em menos de um segundo, provavelmente muito menos tempo do você leva para perceber que a comida caiu, pegá-la, e inutilmente tentar limpá-la.

O trabalho, que foi desenvolvido pelo pesquisador de ciência alimentar Donald Schaffner, mostra que embora possa parecer óbvio para alguns, o mito continua sendo constantemente difundido entre as pessoas. Para mostrar como a prática acontece, quatro tipos de superfície foram utilizadas na pesquisa: carpete, madeira, aço inoxidável e cerâmica, e com eles quatro tipos de alimentos: goma, pão com manteiga, pão sem manteiga e melancia.

A partir disso, os estudiosos avaliaram a proliferação de bactérias com o passar do tempo, concluindo que não é seguro comer qualquer alimento que você deixou cair, independentemente da superfície ou do tipo de alimento. Para chegar a essa conclusão, que parece um tanto óbvia, os testes foram realizados 2.560 vezes, usando diversas modalidades. Durante a aplicação, foi descoberto que a transferência de bactérias foi mais rápida e mais prevalente nos casos que envolviam umidade, tornando, portanto a melancia o alimento mais contaminado, e a goma o alimento com menor número de bactérias.

No final das contas, o que isso significa? Que é melhor jogar no lixo qualquer comida que tenha caído no chão.

Fonte: SlashGear

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.