Não é piada: iPad roubado de Steve Jobs é encontrado com o palhaço Kenny

Por Redação | 17.08.2012 às 14:51
photo_camera Luke Thomas - Fogcity Journal.com

Um dos iPads roubados da mansão de Steve Jobs em Palo Alto, Califórnia, foi encontrado nesta sexta-feira (17) com um artista de rua, mais conhecido como Kenny, O Palhaço. A ex-residência de Jobs foi invadida em julho e aproximadamente US$ 60 mil em equipamentos foram roubados.

De acordo com o CNET, Kenny, apelido de Kenneth Kahn, afirmou que recebeu o iPad diretamente do seu amigo Kariem McFarlin, que confirmou a invasão à casa e está preso desde o dia 2 de agosto. O assaltante foi pego depois de ligar os computadores roubados, que se comunicavam diretamente com os servidores da Apple. Com isso, a segurança da empresa e a polícia local foram alertadas sobre a localidade dos equipamentos.

Kenny afirmou que não fazia ideia de que o tablet era roubado e muito menos que pertencia a Steve Jobs. O artista afirmou que estava utilizando o aparelho para reproduzir músicas para as crianças durante suas apresentações.

Segundo o Mercury News, Kenny percebeu que estava utilizando um iPad roubado depois que soube da prisão de McFarlin. O palhaço ainda afirmou que McFarlin lhe entregou o seu antigo iPad, pois havia adquirido um modelo mais novo.

Aparentemente, os dois homens se conhecem há 10 anos, quando Kahn treinava o time de basquete da Encinal High School em Alameda, Califórnia.

O julgamento do assaltante deverá acontecer na próxima segunda-feira (20) e ele será representado por um advogado do Estado, que prefere se manter anônimo até o dia da audiência. Kariem McFarlin tem outras passagens na polícia por dirigir sem habilitação e por roubo de cargas, algo que nunca foi provado.

Kenny, o Palhaço iPad Steve Jobs

O artista só percebeu que estava com um iPad roubado depois da notícia da prisão de McFarlin