Ferramenta da Boeing produzida em impressora 3D leva recorde do Guinness

Por Redação | 30 de Agosto de 2016 às 14h13
TUDO SOBRE

Boeing

Uma ferramenta de construção de peças que será usada durante a produção da próxima geração dos jatos 777X, da empresa americana Boeing, já fez algo notável: o reconhecimento do Guinnes World como o maior objeto sólido do mundo produzido em uma impressora 3D.

A ferramenta, desenvolvida pelo Departamento de Energia do Laboratório Nacional de Oak Ridge, no Tennessee (EUA), foi feita em apenas 30 horas utilizando fibra de carbono e plástico ABS. Ela tem 5,30 metros de comprimento, 1,60 metros de largura, 0,5 metros de altura e quase 750 kg.

Após o laboratório finalizar os testes de validação, o equipamento será utilizada na fábrica da Boeing em St.Louis, especificamente para assegurar a correta montagem das asas dos jatos. A produção do 777X está prevista para começar no ano que vem, com a primeira unidade programada para ser entregue em 2020. A Boeing afirmou ter mais de 300 pedidos das duas variantes da sua nova linha de aviões, conhecidas como 777-8 e 777-9. Se a nova ferramenta atingir todos os objetivos pretendidos, espera-se que haja uma grande redução nos custos da companhia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Leo Christodoulou, diretor da área de estruturas e materiais da Boeing, diz que a ferramenta de metal utilizada atualmente é mais cara, depende de um fornecedor e leva em torno de três meses para realizar suas tarefas utilizando técnicas convencionais. Além disso, Christodoulou completa que a nova ferramenta criada vai economizar energia, tempo, trabalho, custos e faz parte de uma grande estratégia da empresa de aplicar a tecnologia de impressão em 3D em várias áreas da cadeia de produção.

Fonte: GeekWire

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.