Enigma, máquina de criptografia nazista, é leiloada por R$ 165 mil

Por Redação | 14 de Julho de 2017 às 08h22

Na década de 1930, os alemães desenvolveram as máquinas Enigma, que se tornaram mundialmente conhecidas por sua capacidade de transmitir mensagens criptografadas pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Decifrar a Enigma se tornou um dos maiores desafios do Bletchley Park, e só foi superado graças ao empenho de Alan Turing e de sua equipe de espiões e cientistas.

Mas qual é a novidade em toda essa história? Um professor de criptologia encontrou uma dessas máquinas em um mercado de pulgas de Bucareste, na Romênia, e a levou para casa por 100 euros (R$ 370)! Como ele sabia muito bem o que estava comprando, o colecionador colocou a Enigma à venda em leilão com lances iniciais de € 9 mil (R$ 33.300,00). Surpreendentemente, um comprador anônimo acabou arrematando a máquina de criptografia por € 45 mil (R$ 165 mil).

Durante os anos 1930 e 1940, foram fabricadas cerca de 20 mil máquinas Enigma pelos nazistas. De acordo com as informações, apenas 50 delas estão em museus. Além disso, diversas outras se encontram nas mãos de colecionadores. A Enigma arrematada nesta semana está em funcionamento perfeito e em sua caixa de madeira original.

Fonte: Gizmodo