Cibercrime: estudante de 14 anos é detido após mudar wallpaper de professor

Por Redação | 15 de Abril de 2015 às 07h30

Um estudante de 14 anos foi acusado de cibercrime após ter invadido o computador de um professor que ele não gostava e ter mudado o papel de parede do seu desktop. O garoto colocou uma foto de dois homens se beijando como wallpaper.

O caso aconteceu em uma escola na Flórida, Estados Unidos, e o estudante chamado Domanik Green está sendo apontado como o responsável por acessar o computador do professor sem a sua autorização, usando uma senha de administrador.

A polícia local diz que ele obteve acesso ilegal a um sistema criptografado e aos arquivos pessoais do funcionário do colégio e que poderia muito bem ter alterado as notas dos seus colegas de classe. O adolescente alega que essa nunca foi a intenção dele e que tudo não passou de uma brincadeira inocente.

Domanik foi preso na última quarta-feira (08) e ficou detido no Centro de Detenção Land O'Lakes até que foi liberado sob a custódia de sua mãe na tarde do mesmo dia. "Mesmo que alguns digam que é uma brincadeira de adolescente, quem sabe o que esse adolescente poderia ter feito?", indagou o xerife Chris Nocco.

Em entrevista à rede de TV ABC, Domanik disse que realmente não havia pensado nas consequências dos seus atos e que estava apenas irritado com o professor naquele dia. "Quando eu entrei e subi a imagem, eu estava tentando irritar o professor", disse.

Domanik Green

Domanik ainda dedurou os seus amigos de classe, dizendo que eles frequentemente usam a senha de administrador para acessar ferramentas de bate-papo ou compartilhar telas nos computadores da escola. A senha é fácil de lembrar porque é apenas um sobrenome e o aluno a descobriu apenas olhando o professor digitá-la.

Ele foi acusado por acesso não autorizado a um sistema de computador, algo considerado crime de terceiro grau na Flórida. Ele também foi suspenso da escola por 10 dias e será transferido para outro colégio.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.